Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/17711
Título: Ecology of the common octopus "Octopus vulgaris" (Cuvier, 1797) in the Atlantic Iberian coast : life cycle strategies under different oceanographic regimes
Autor: Lourenço, Sílvia Alexandra Pereira, 1978-
Orientador: Narciso, Luís, 1959-
González González, Ángel F.
Palavras-chave: Habitat
Polvo
Octopus vulgaris
Reprodução animal
Península Ibérica
Teses de doutoramento - 2015
Data de Defesa: 2015
Resumo: Octopus vulgaris is one of the most important fishery resources in the coastal area of the Atlantic Iberian basin. One to two years lifespan, terminal semelparity with numerous eggs and the absence of generation overlap are the reasons for high variability in the species abundance between years strongly connected with environmental conditions. The overall aim of this thesis is to identify which factors, physical, environmental and biologic influencing the Octopus vulgaris life cycle. First of all, we look at the reproductive season of the species in the northwest and south Portuguese coasts and conclude that spawning depends on the local oceanographic regime but also partially on the nutritional quality of the food. The study was followed by an analysis of the local factors that influence abundance in the nursery of Ría de Vigo (Southwest Galicia). Here, the newly-hatched paralarvae concentrate in shallow waters and protected areas under the influence of the Cies islands and feed on the meso-zooplanktonic community that supply these paralarvae with the adequate nutritional requirements balanced to protein but also rich in n-3HUFA fatty acids essential for growth and survival at this stage. After settlement, the physical and environmental characteristics of the feeding grounds are essential for recruitment success. Here we identified five areas of pre-recruit aggregation along the Portuguese Coast. Finally, the age and growth were determined for juveniles of the Northwest Portuguese coast. Age estimates are fundamental tools to chronologically follow the effect of the environmental factors through the life cycle. Here, ageing methodologies using the stylets as age recorders were improved to achieve precision and accuracy in ageing estimates in this species. The results and conclusions of the thesis present important data to incorporate in the future ecosystem approach models for the assessment and management of the octopus fisheries in the Portuguese coast.
Octopus vulgaris é um dos recursos marinhos mais capturados na área costeira da costa Ibérica Atlântica. A longevidade de um a dois anos, semelparidade com descendência numerosa e ausência de sobreposição de gerações faz com que a abundância da espécie varie muito de um ano para o outro em função de condições ambientais. O objetivo geral desta tese é identificar quais os fatores físicos, ambientais e biológicos que condicionam o ciclo de vida das populações de O. vulgaris da costa continental portuguesa. Para desenvolver esta tese observámos, numa primeira fase, a época reprodutiva das duas populações da costa noroeste e sul portuguesas concluindo que esta depende do regime oceanográfico local mas também é parcialmente influenciada pela disponibilidade nutricional no momento. De seguida, analisaram-se os fatores locais que fazem com que a Ría de Vigo (Galiza) seja área de berçário importante para esta espécie. Aqui as paralarvas recém-eclodidas concentram-se em águas pouco profundas do interior da ria junto às Ilhas Cies, onde se alimentam da comunidade de meso-zooplâncton que lhes fornece o equilíbrio nutricional adequado de proteínas e lípidos e o suficiente em ácidos gordos poliinsaturados da família n-3 de que necessitam para a fase de crescimento exponencial que ocorre até ao assentamento. Após o assentamento, as características físicas e ambientais e locais são essenciais para o sucesso do recrutamento à pesca. Com este trabalho, identificaram-se e caracterizaram-se cinco áreas de agregação de juvenis ao longo da costa Portuguesa. Finalmente, foram abordados a idade e o crescimento. A estimação da idade é uma ferramenta essencial para acompanhar cronologicamente o efeito dos fatores ambientais ao longo do ciclo de vida. Neste trabalho foram desenvolvidas metodologias que permitiram melhorar a precisão e a exatidão das estimativas diretas da idade dos polvos a partir da deposição de anéis de crescimento na concha vestigial. Os resultados e conclusões obtidos ao longo deste documento oferecem dados fundamentais para os modelos de abordagem ecossistémica que serão usados na futura avaliação e gestão efetiva do polvo-comum na costa continental portuguesa.
Descrição: Tese de doutoramento, Biologia (Biologia Marinha e Aquacultura), Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2015
URI: http://hdl.handle.net/10451/17711
Designação: Doutoramento em Biologia
Aparece nas colecções:FC - Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulsd070154_td_Silvia_Lourenco.pdf7,83 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.