Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/17744
Título: Gestão de plantas exóticas e invasoras no Parque Nacional de Escotismo da Caparica
Autor: Bem, Nuno Vasconcelos do, 1992-
Orientador: Correia, Otília da Conceição Alves, 1953-
Palavras-chave: Plantas invasoras
Espécies exóticas
Costa da Caparica - Portugal
Teses de mestrado - 2015
Data de Defesa: 2015
Resumo: Atualmente, a invasão por plantas exóticas representa um problema ambiental à escala global. Em Portugal existem muitas espécies vegetais exóticas, entre as quais 14 espécies do género Acacia, conhecidas por causar impactes negativos nos ecossistemas, sendo consideradas como das piores invasoras a nível global. A área de estudo, o Parque Nacional de Escotismo da Caparica, é um local altamente invadido por espécies de acácias, assim como por outras espécies exóticas, apresentando-se num estado ecológico altamente degradado. O principal objetivo deste trabalho foi a criação de um conjunto de medidas para gestão destas espécies, atualmente inexistente. Foi feita a caracterização dos ecossistemas em três zonas com diferente grau de invasão e identificadas todas as espécies exóticas existentes na área de estudo. Foi avaliada a capacidade de regeneração das populações de acácias existentes e testados diferentes tratamentos de controlo na espécie mais abundante – Acacia saligna (Labill.) H.L. Wendl. Identificaram-se 26 espécies exóticas na área de estudo, 14 das quais invasoras. As comunidades apresentaram uma elevada percentagem de espécies herbáceas ruderais e observou-se uma clara ausência de vegetação nativa, especialmente arbustiva, evidência do estado degradado do local. A população de Acacia spp. da área de estudo revelou estar claramente naturalizada. A avaliação da sua regeneração revelou dados inesperados, com um banco de sementes elevado mas muito variável em toda a área, e no entanto observando-se um baixo número de plântulas. Os indivíduos parecem apenas apresentar rebentação quando sujeitos a algum tipo de perturbação. Nenhum dos tratamentos aplicados a A. saligna foi totalmente eficaz no controlo da regeneração por rebentação, tendo o descasque aplicado no verão sido o tratamento com mehores resultados. Por fim apresentam-se medidas de gestão das espécies exóticas invasoras existentes, definindo-se as áreas prioritárias, as metodologias de controlo ou gestão mais adequadas e alguns fatores importantes a considerar aquando da gestão.
Nowadays, invasion by exotic plant species represents an environmental problem worlwide. In Portugal there are vaious exotic plant species, fourteen of which belong to the Acacia genus, known to cause negative impacts on ecosystems and currently considered one of the worst invasive plants in the world. The study site, the Caparica Scouting National Park is highly invaded by acacia and other exotic species, presenting a heavily degraded ecologic state. The main goal of this study was to suggest some measures for the management of this site, as currently they’re unexistant. Ecosystem characterization was performed in 3 selected zones with different invasion degrees and all the exotic species present in the study site were identified. The ability to regenerate of existing populations of acacia was evaluated and different control treatments were tested on the most abundant acacia species – Acacia saligna (Labill.) H.L. Wendl. Overall, 26 exotic species were identified in the study site, 14 of which are classified as invasive. A large amount of ruderal herbs was observed, along with a clear absence of native vegetation, especially bushes, which confirmed the highly degraded state of the site. The acacia population was shown to be naturalized. Acacia regeneration, however, returned unexpected data, since the seed bank was very variable, but tendentiously high, and yet seedling quantification results were extremely low. Subjects seemed to only produce sprouts when subjected to some form of disturbance. No A. saligna treatment was totally effective in controlling resprouting, however debarking in the summer presented the best results. Finally, invasive exotic species management strategies are presented, pinpointing priorities, suitable control methods and other important aspects to consider.
Descrição: Tese de mestrado. Biologia (Ecologia e Gestão Ambiental). Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2015
URI: http://hdl.handle.net/10451/17744
Designação: Mestrado em Biologia (Ecologia e Gestão Ambiental)
Aparece nas colecções:FC - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfc107664_tm_nuno_bem.pdf3,32 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.