Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/17828
Título: Instabilidade de arribas e avaliação da perigosidade no litoral da Lourinhã
Autor: Epifânio, Bruno Miguel Gomes
Orientador: Zêzere, José Luís
Neves, Mário
Palavras-chave: Arribas - Lourinhã (Leiria, Portugal)
Litorais - Modificações - Lourinhã (Leiria, Portugal)
Deslizamento de terras - Lourinhã (Leiria, Portugal)
Teses de mestrado - 2013
Data de Defesa: 2013
Resumo: A evolução das arribas ocorre principalmente devido à atividade de movimentos de vertente de diferentes tipologias e dimensões. Este processo natural, que representa uma ameaça para as pessoas, bens e atividades, é uma das principais fontes de perigosidade que caracteriza as arribas do concelho da Lourinhã. Nesta dissertação determinaram-se as taxas de recuo das arribas e avaliou-se a suscetibilidade a movimentos de vertente e a perigosidade das arribas. As taxas de recuo das arribas foram estimadas para um período de 60 anos (1947-2007) através da extensão do ArcGIS Digital Shoreline Analysis System e de um conjunto de fotografias aéreas e de ortofotomapas digitais. A avaliação da suscetibilidade a movimentos de vertente foi efetuada para 3 tipologias de movimentos: deslizamentos rotacionais, deslizamentos translacionais e escoadas. Toda a costa foi dividida em 261 unidades de terreno e foram considerados 9 fatores de predisposição: altura da arriba, declive (máximo, médio e desvio-padrão), radiação solar potencial, curvatura (perfil e planta), litologia e estrutura geológica. Os modelos preditivos de suscetibilidade foram criados para cada tipologia de movimento de vertente utilizando os métodos do Valor Informativo e da Regressão Logística. Subsequentemente, as curvas Receiver Operating Characteristic (ROC) e as respetivas Áreas Abaixo da Curva foram utilizadas para avaliar o grau de ajustamento e a capacidade preditiva dos modelos. A perigosidade das arribas foi avaliada através do mapa de perigosidade. Este mapa foi elaborado a partir de uma matriz que interceta as classes da suscetibilidade ao conjunto dos movimentos estudados com as classes de taxas de recuo da crista da arriba. Os resultados revelam um recuo das arribas da área de estudo entre 0,01 e 0,13 m/ano e mostram que os deslizamentos rotacionais e o Valor Informativo são, respetivamente, a tipologia e o método estatístico que apresentam melhores resultados. Aproximadamente metade da costa estudada revela perigosidade Elevada a Muito elevada.
ABSTRACT: The evolution of coastal cliff occurs mainly due to landslide of different type and different size. This natural process, which poses a threat to people, assets and activities, is one of the main natural hazards that affect the coastal cliffs of Lourinhã council. In this dissertation cliff retreat rates, landslide susceptibility and coastal cliff hazard were evaluated. Cliff retreat rates were calculated for a 60-year period (1947-2007) using an ESRI´s ArcGIS extension - Digital Shoreline Analysis System -, a set of aerial photographs and a digital orthophotomap. Landslide susceptibility was assessed for 3 landslide typologies: rotational slides, translational slides and debris flows. The studied coastal stretch was split into 261 terrain mapping units and 9 landslide predisposing factors were considered: cliff height, slope angle (maximum, mean and standard deviation), potential solar radiation, slope curvature (profile and plan), lithology and geologic structure. The predictive susceptibility models were developed for each type of landslide using the Information Value and the Logistic Regression methods. Subsequently, standard Receiver Operating Characteristic (ROC) curves and the respective Area Under the Curve were used to assess the degree of adjustment and the predictive capacity of the models. The coastal cliff hazard was evaluated through an hazard map. This map was created from a matrix that combined the classes of susceptibility values for the set of landslides studied and the calculated cliff retreat rates. The results indicate that cliff retreat rates of the studied area ranged from 0.01 to 0.13 m/yr, that rotational slides were the best-performing typology and Information Value was the statistical method with the finest results. Nearly half of the studied coastal stretch shows High to Very high hazard.
URI: http://hdl.handle.net/10451/17828
Designação: Mestrado em Geografia Física e Ordenamento do Território
Aparece nas colecções:IGOT - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
igot003720_tm.pdf8,55 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.