Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/17842
Título: Purificação e avaliação de novas lectinas como ferramenta no reconhecimento de epitopos celulares glicosilados, em células tumorais do cancro do cólon
Autor: Nunes, António Filipe Ribeiro
Orientador: Ribeiro, Ana Cristina Conceição
Palavras-chave: Lectinas
Cancro
Células HT29
Actividade Antitumoral
MMP9
MMP2
Juniperus oxycedrus subsp. oxycedrus
Juniperus oxycedrus subsp. badia
Arbutus unedo
Corema album
Teses de mestrado - 2015
Data de Defesa: 2015
Resumo: O conhecimento sobre o valor terapêutico das plantas sempre tem acompanhado a evolução do homem através dos tempos. Várias plantas endémicas da flora Portuguesa, têm sido estudadas pela sua riqueza e elevada constituição em compostos bioactivos, não só com actividade anticancerígena, como também, na prevenção da doença. As lectinas são uns dos vários componentes extraídos das plantas e representam uma família de proteínas ubiquitárias, existentes na forma livre ou associadas às células, podendo ser encontradas na superfície ou no interior destas, exibem uma afinidade para hidratos de carbono, não apresentam actividade catalítica, nem são resultado de resposta imune. O estudo das lectinas justifica-se pela importância dos hidratos de carbono na identidade celular, promovendo mecanismos envolvidos na interacção entre células, assim como uma variedade de processos biológicos. São pontos cruciais na investigação actual, a descoberta de novas lectinas, assim como o estudo da sua especificidade de ligação ao hidrato de carbono. Para o efeito, neste estudo foram seleccionadas quatro espécies endémicas da flora portuguesa, Juniperus oxycedrus subsp. oxycedrus, Juniperus oxycedrus subsp. badia, Arbutus unedo e Corema album. A caracterização do perfil polipeptídico das espécies em estudo, a actividade hemaglutinante dos extractos obtidos, frente a grupos sanguíneos humanos e eritrócitos de coelho, além da especificidade de ligação aos hidratos de carbono, associada à detecção de proteínas glicosiladas, revelou a existência de potenciais proteínas do tipo lectina nos quatro extractos proteicos. A actividade antitumoral foi testada em linhas celulares tumorais humanas derivada de carcinoma do cólon (HT29). A incubação dos respectivos extractos com as membranas das células HT29, revelaram, por análise bidimensional (2D), ligação de péptidos com especificidade para epitopos glicosilados das membranas HT29. Esta ligação foi efectiva para as quatro espécies em estudo. O potencial antitumoral dos quatro extractos demonstraram actividades distintas na inibição da invasão celular em células HT29, ficando patente uma forte capacidade de inibição apresentada pelas espécies Juniperus oxycedrus subsp. badia e Arbutus unedo. Seguiu-se, para as duas espécies com maior poder de inibição da invasão celular, a avaliação da sua actividade inibitória para as metaloproteinases MMP9 e MMP2. Verificou-se uma inibição na produção destas enzimas, sendo um excelente prognóstico para a aplicação destas espécies na inibição da actividade tumoral.
The knowledge about the therapeutic value of plants always has followed the evolution of man through the ages. Several endemic plants of Portuguese flora, have been studied for their wealth and high constitution in bioactive compounds with anticancer activity, but also in the prevention of the disease. The lectins are some of the various components extracted from plants and represent a family of ubiquitous proteins, they exist in free form or associated to the cells, which can be found on the surface or inside of these, display an affinity for carbohydrates, do not exhibit catalytic activity, nor are they a result of immune response. The study of lectins is justified by the importance of carbohydrates in cell identity, promoting mechanisms involved in the interaction between cells, as well as a variety of biological processes. Are crucial points in the current investigation, the discovery of new lectins, as well as the study of its specificity of carbohydrate binding. To that end, in this study were selected four endemic species of Portuguese flora, Juniperus oxycedrus subsp. oxycedrus, Juniperus oxycedrus subsp. badia, Arbutus unedo and Corema album. The polypeptide profile characterization of the species under study, the haemagglutinating activity of the extracts obtained against the human blood groups and rabbit erythrocytes, in addition to the binding specificity to carbohydrates, coupled with the detection of glycosylated proteins, revealed the existence of potential proteins of type lectin in the four protein extracts. The antitumor activity was tested in human tumor cell lines derived from colon carcinoma (HT29). Incubation of extracts with HT29 cells membranes by two-dimensional (2D) analysis, revealed the binding of peptides with specificity for epitopes glycosylated HT29 membranes. This results was effective for the four species under study. The potential antitumor of four distinct extracts demonstrated different activities on inhibition of cellular invasion on HT29 cells, getting a strong inhibition capacity by Juniperus oxycedrus subsp. badia and Arbutus unedo species. This was followed, for the two species with greater power of inhibition of cell invasion, the evaluation of its inhibitory activity for the Metalloproteinases MMP9 and MMP2. There has been an inhibition on the production of these enzymes, being an excellent prognosis for the application of these species in the inhibition of tumoral activity.
Descrição: Tese de mestrado, Controlo da Qualidade e Toxicologia dos Alimentos, Universidade de Lisboa, Faculdade de Farmácia, 2015
URI: http://hdl.handle.net/10451/17842
Designação: Mestrado em Controlo da Qualidade e Toxicologia dos Alimentos
Aparece nas colecções:FF - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese_CQTA_FFUL_2014.pdf3,57 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.