Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/18003
Título: Dematerialization of information management processes
Autor: Almeida, Bruno Miguel Andrade de
Orientador: Mostrous, Dimitris, 1979-
Moutinho, Pedro Saltão Ramos
Palavras-chave: ECM
BPM
Enterprise Search
Open Source
Trabalhos de projecto de mestrado - 2014
Data de Defesa: 2014
Resumo: Com o objectivo de expandir a diversidade de opções para os seus clientes, a Novabase tem interesse em explorar alternativas open source na área de enterprise search (ES), enterprise content management (ECM) e business process management (BPM). ES é um motor de busca composto por dois componentes, sendo o mais importante a pesquisa num índice invertido. Os candidatos são o Search Daimon [70], Solr [72] e ElasticSearch [21]. O Search Daimon é uma solução já muito completa, com muitas funcionalidades já feitas mas, não foi possível encontrar um manual ou o quer que seja que ajudasse a navegar e a modificar o código fonte e no excerto que vi, não estava comentado e foi difícil de ler. Uma alternativa de pesquisa open-source é o Lucene. O Lucene [51] é um motor de busca open source de muito elevada eficiência que trabalha sobre um índice invertido. É actualmente mantido pela Apache. O Solr [72] ´e um sistema que altera, melhora e diversifica a interface do Lucene permitindo usar o Lucene com um API REST e um conjunto de funcionalidades de alto nível. O Solr é desenvolvido pela Apache no qual, recentemente, foi lançada a funcionalidade de trabalhar em cloud. O ElasticSearch é um search engine que altera, melhora e diversifica a interface do Lucene permitindo usar o Lucene com um API REST. O Search daimon [70], pouco chega a ser considerado por causa da falta de informação sobre como trabalhar com ele sem ser com a interface gráfica. O Solr tem um manual muito completo [73], bem como o ElasticSearch [27]. As versões mais recentes do Solr permitem funcionar em cloud, o mesmo para o ElasticSearch. Aliás, o ElasticSearch sempre foi pensado para funcionar em cloud ao contrário do Solr que foi adaptado para funcionar em cloud. O ElasticSearch permite alterar muitas das suas opções incluindo adicionar e remover nós do swarm sem ser necessário reiniciar o servidor [28]. O Solr necessita de reiniciar sempre que existe uma alteração a fazer. Para pesquisa, o Solr só funciona usando uma query string. O ElasticSearch funciona com uma query string e também funciona com um objecto JavaScript Object Notation (JSON) bem estruturado [27]. O Solr usa JSON, Extensible Markup Language (XML) e comma-separated values (CSV) para alterar opções e para gravar dados. Destes dois, o ElasticSearch foi escolhido como sendo o melhor. Na parte de Enterprise content management (ECM), foram escolhidas as plataformas Nuxeo [55] e Alfresco [4]. Como critério, é necessário que os ECM tenham todas as versões open source. O Alfresco tem uma versão que necessita de uma licença paga mas o seu código é open source. O Nuxeo tem a versão completa, que permite usar o potencial todo do programa, disponível livre de custos. Sem contar com as interfaces como o utilizador (GUI) de que o utilizador tem acesso, ambos oferecem as mesmas funcionalidades com muito pequenas diferenças (ver quadros na sub-seccão “Comparing solutions” do 2.2.2). Embora o Alfresco community e o Nuxeo sejam muito parecidos, o Nuxeo desenvolveu uma ferramenta online paga, Nuxeo studio, que faz o mesmo que o Alfresco Enterprise. O Nuxeo studio [61] ´e um conjunto de ferramentas que oferecem um GUI [62] para controlar quase tudo no Nuxeo. Por causa da grande quantidade de semelhanças entre os dois e como os projectos em que ECM pode ser usado, torna-se impossível escolher qual dos dois é a melhor opção para o maior número de projectos. Mesmo assim, tendo em conta os vários parâmetros e caracteristicas do Nuxeo que estudei vs o equivalente do Alfresco e vice versa e com a nova vers˜ao do Nuxeo, concluo que o Nuxeo, embora não seja uma escolha ideal, é um ECM melhor pelas funcionalidades que tem, facilidade de personalização e pela organização e simplicidade. O ECM escolhido foi o Alfresco porque, independentemente que o Nuxeo seja melhor, se não for suficientemente conhecido, é o mesmo que não existir, independentemente do quão bom ele seja e estável, sem erros. O BPM decidido foi o que estava previsto na proposta inicial. Tendo já estes dados todos prontos, foi-me dada a tarefa de desenvolver um programa para integrar o ECM escolhido (Alfresco) com o BPM escolhido (jBPM). Durante a análise do jBPM, a empresa introduziu-me o Activiti como uma alternativa a ter a conta. Por estar a não usar um framework no primeiro projecto, um segundo projecto, baseado no primeiro, foi iniciado para executar o mesmo que o antecessor. Este projecto foi desenvolvido usando o primefaces e tinha, como um dos objectivos, comparar o Activiti e o jBPM. Com o prazo a acabar e por falta de informac¸ ˜ao dos superiores, este foi abandonado incompleto e o promeiro projecto foi retomado. No final, o primeiro projecto ficou uma prova de conceito para demonstrar uma possível interface muito versátil e muito personalizável que usa o Activiti (faltam algumas funcionalidades) ou o jBPM (suporte completo) como fonte para BPM e uma ligação CMIS para uma ligação ECM usando os dois para trabalho em equipa para desenvolver tarefas humanas.
Enterprise content management (ECM) [77] appeared some years ago with the main purpose to reduce the amount of time dedicated to deal with the paperwork required to run a business. Assets were (and still are, for most companies) stored in large warehouses with strict sorting and very strict access rights. Without an ECM, when an employee requires a specific document, he would have to ask someone to search the document, get the document, and deliver the document to him, potentially, in a different building. Having an employee whose main purpose is to search and deliver company’s assets to whom requires them is probably not the most productive way of using an employee’s time. The ECM’s main work is to place a mirror to that repository and those employees who would run around delivering the documents (or copies of them) and manage the assets as if it was physical paper documents, except everything is digital while doing many other asset related tasks in the background. The usual setup is having an ECM working along an enterprise search backend and, optionally, a business process management (BPM) [15]. The enterprise search backend is responsible for indexing all search relevant information that exists in the ECM so that everything can be easily found with the known information about the thing. The BPM takes care of many internal system communications with the workflow management as its main feature.
Descrição: Trabalho de projecto de mestrado, Engenharia Informática (Arquitectura, Sistemas e Redes de Computadores), Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2014
URI: http://hdl.handle.net/10451/18003
Designação: Mestrado em Engenharia Informática (Arquitectura, Sistemas e Redes de Computadores)
Aparece nas colecções:FC-DI - Master Thesis (projects)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfc112260_tm_Bruno_Almeida.pdf468,59 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.