Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/18004
Título: Modelos de sobrevivência para estudo do tempo até à ocorrência de excesso de peso em indivíduos adultos submetidos a transplante alogénico de células progenitoras hematopoiéticas
Autor: Rocha, Sónia Denise Ferreira
Orientador: Rocha, Cristina S., 1958-
Palavras-chave: Análise de sobrevivência
Modelo de Cox
Modelos paramétricos
Obesidade
Excesso de peso
Doenças hematológicas malignas
TCPH-alo
Teses de mestrado - 2015
Data de Defesa: 2015
Resumo: A obesidade e o excesso de peso e um dos principais problemas de saúde pública em Portugal, dada a sua crescente prevalência e comorbilidades. Existe evidência científica que mostra que fatores associados às doenças hematológicas malignas, podem predispor para o aumento do peso. Contudo, há poucos estudos que tenham investigado esta temática, e a maioria incidiu sobre doentes pediátricos. Neste estudo foram incluídos doentes adultos submetidos a Transplante de Células Progenitoras Hematopoiéticas Alogénico (TCPH-alo), dada a importância da obtenção de mais informação. Esta tese teve como objetivos efetuar a análise de sobrevivência sendo o acontecimento de interesse o aumento no Índice de Massa Corporal (IMC) para uma categoria superior de excesso de peso/obesidade apos TCPH-alo; e identificar factores que influenciem significativamente o tempo até à ocorrência do acontecimento de interesse. Os dados foram obtidos a partir do processo clínico de doentes transplantados no Instituto Português de Oncologia de Lisboa-Francisco Gentil, entre Maio de 1987 e Dezembro de 2007. A análise estatística foi feita na quase totalidade com o software R versão 3.0.2. Na análise preliminar foi utilizado o estimador de Kaplan-Meier e os testes log-rank, Gehan e Tarone-Ware. No estudo da influência das covariáveis no tempo até o acontecimento de interesse procedeu-se à comparação do modelo de Cox com modelos paramétricos. Nas análises com os testes não paramétricos não se verificaram diferenças estatisticamente significativas, com a exceção da covariável IMC no TCPH-alo. Tanto no modelo semi-paramétrico de Cox como nos modelos paramétricos nao foram encontradas covariáveis com influência no tempo ate ao acontecimento de interesse. Com base nos dados obtidos observou-se que uma elevada percentagem de doentes desenvolvem excesso de peso/obesidade após TCPH-alo. No entanto, o TCPH-alo não parece estar associado de forma significativa a etiologia do excesso de peso/obesidade, pelo que devera ser dada maior atenção aos fatores inerentes ao padrão alimentar e estilo de vida.
Obesity and overweight are major public health concerns in Portugal, given its increasing prevalence and comorbidities. There is some scientific evidence that shows that malignant hematological diseases are associated to several factors that may predispose to weight gain. However, few studies have investigated this issue, and most of these studies have focused mainly on pediatric patients. This study included adult patients that were treated with Allogeneic Hematopoietic Stem Cell Transplantation (HSCT-alo), given the importance of obtaining information for this type of patients. This study aimed at using survival analysis for the analysis of the increase in Body Mass Index (BMI) that results in a higher weight classification, such as obesity or overweight after HSCT-alo; and to identify factors that may influence time until the occurence of the event of interest. Data was collected retrospectively from medical files of transplanted patients at the Portuguese Institute of Oncology of Lisbon-Francisco Gentil. Statistical analysis was performed using mainly the statistical software R version 3.0.2. Preliminary analysis was conducted using Kaplan-Meier estimator and log-rank, Gehan and Tarone-Ware tests. The influence of covariates on the time until occurence of the event of interest was analised with both Cox model and parametric models. Non-parametric tests resulted in no statistically significant covariates, with the exception of BMI during HSCT-alo. No covariates were found to influence significantly the time until the event of interest in both semiparametric model and parametric models. Based on the data from this study, a high percentage of patients develop overweight or obesity after HSCT-alo. However, HSCT-alo does not apear to be significantly associated with the etiology of overweight/obesity and greater attention should be given to other factors such as dietary pattern and lifestyle.
Descrição: Tese de mestrado em Bioestatística, apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2015
URI: http://hdl.handle.net/10451/18004
Designação: Mestrado em Bioestatística
Aparece nas colecções:FC - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfc113594_tm_Sónia_Velho.pdf1,38 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.