Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/18082
Título: Aplicação de programas educativos: o caso de estudo do lobo-ibérico (Canis lupus signatus, 1907)
Autor: Ribeiro, Inês Marques, 1990-
Orientador: Fonseca, Francisco Petrucci, 1953-
Palavras-chave: Educação ambiental
Lobo ibérico
Canis lupus
Teses de mestrado - 2015
Data de Defesa: 2015
Resumo: Um dos métodos para conhecer melhor a dimensão humana da gestão da vida selvagem é a avaliação das atitudes públicas, pois o sucesso desta gestão depende de uma boa análise de atitudes (positivas ou negativas) dos vários grupos de interesse em relação às espécies selvagens e às opções de gestão das mesmas, da capacidade de chegar a um consenso e de ganhar a aceitação do público na decisão final. A maioria dos planos de gestão de grandes carnívoros tende a ser mais político-social do que biológica, uma vez que a falta de informação correcta parece estar na origem das atitudes negativas. Tendo em conta a situação do lobo-ibérico (Canis lupus signatus Cabrera, 1907) em Portugal, principalmente a sul do rio Douro, onde a silvo-pastorícia é uma das actividades de maior peso económico e a predação do lobo sobre animais domésticos e consequentes perdas constituem a principal causa de conflito com o Homem, parece óbvio que a estratégia de conservação desta espécie se baseie na informação, sensibilização e motivação da população. Com o objectivo de analisar o nível de conhecimento e as atitudes dos alunos para com o lobo e a sua conservação, foi realizado um inquérito antes e depois de duas actividades pedagógicas, as palestras sobre a ecologia desta espécie e o Wolf Kit. O presente estudo foi realizado na Guarda, direccionado ao público escolar de dois concelhos da área de ocorrência do lobo (Sabugal e Figueira de Castelo Rodrigo). No total foram realizados 340 inquéritos do 6º ao 12º ano. Não foi possível distinguir qual a acção mais eficaz na transmissão de informação, no entanto os níveis de conhecimento dos alunos aumentaram depois da realização das actividades. Foi possível apurar que as atitudes dos estudantes variavam de neutras a positivas e que em alguns casos houve um aumento de atitudes positivas após a realização das acções de sensibilização. Verificou-se também que o nível de conhecimento e as atitudes do público escolar estão correlacionados e que ambos são influenciados por factores sociodemográficos. Apesar da maioria dos alunos nunca ter avistado um lobo, o interesse geral sobre a espécie e a sua conservação foi elevado. A gestão do lobo-ibérico depara-se com muitos tipos de conflito, contudo, o envolvimento do público em programas de sensibilização, como os desenvolvidos neste estudo, poderá vir a aumentar a tolerância a esta espécie. Este processo poderá tornar-se mais fácil se os programas forem incorporados em actividades curriculares das temáticas ambientais leccionadas nas escolas portuguesas.
One of the methods to better understand the human dimensions of wildlife management is the assessment of public attitudes, for the success of this management depends on good analysis of attitudes (positive or negative) of the various interest groups regarding wildlife management options, and to achieve public acceptance in the final decision. Most of the large carnivores’ management issues tend to be more socio-political rather than biological, because the lack of correct information seems to be the cause of negative attitudes. Considering the situation of the Iberian wolf (Canis lupus signatus Cabrera, 1907) in Portugal, especially in the south region of the Douro river, where the livestock raising is one of the most economically powerful activities and the negative effect of wolf predation on domestic animals are the main cause of conflict, it seems obvious that this species conservation strategy should be based on good information, awareness and motivation of the population. This study was conducted in Guarda and addressed to the students of two public schools in the wolf area (Sabugal and Figueira de Castelo Rodrigo). The survey assessed the knowledge levels and the students’ attitudes before and after two educational activities, the Wolf Kit and lectures on the wolf biology and ecology. A total of 340 surveys were collected from 6th to 12th grade. There were no differences between the effectiveness of the two educational activities, but the students' knowledge levels increased after the implementation of the activities. Students’ attitudes ranged from neutral to positive scores and in some cases there was an increase in positive attitudes after conducting the educational programs. It was also possible to conclude that the knowledge levels and the students’ attitudes are correlated and both are influenced by socio-demographic factors. Although most students have never seen a wolf (in the wild or captive), the general interest in knowing more about the wolf and its conservation issues was high. The management of the Iberian wolf faces various types of conflict, however, the public involvement in awareness programs, such as those developed in this study, may increase the tolerance for this species. This process can become easier if the programs
Descrição: Tese de mestrado. Biologia (Biologia da Conservação). Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2015
URI: http://hdl.handle.net/10451/18082
Designação: Mestrado em Biologia (Biologia da Conservação)
Aparece nas colecções:FC - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfc114432_tm_ines_ribeiro.pdf1,63 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.