Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/18120
Título: Deslizamentos na bacia hidrográfica do Rio Grande da Pipa (Portugal):
Autor: Jesus, Carlos César Dias de
Orientador: Marques, Fernando Manuel Silva da Fonseca, 1956-
Oliveira, Sérgio Manuel Cruz de, 1974-
Palavras-chave: Deslizamento
Retroanálise
Hidrologia
Balanços hídricos
Teses de mestrado - 2015
Data de Defesa: 2015
Resumo: A região a Norte de Lisboa de uma forma geral, e a região de Arruda dos Vinhos em particular, apresentam condições naturais bastante favoráveis à ocorrência de movimentos de massa em vertente. O ano hidrológico de 2009/10, foi um ano caracterizado por elevados índices de precipitação o que proporcionou a ocorrência de um também elevado número de deslizamentos nesta região. No presente trabalho analisou-se o comportamento hidrodinâmico da bacia hidrográfica do Rio Grande da Pipa, através de um modelo de parâmetros agregados do balanço hídrico sequencial diário, para compreender a importância deste comportamento na estabilidade das vertentes desta região. Analisaram-se também as condições morfológicas, geotécnicas e hidrológicas locais que favorecem a instabilidade das vertentes, através de retroanálises a dois deslizamentos selecionados. Os deslizamentos ocorridos no ano hidrológico em estudo são, na sua maioria, movimentos superficiais, ou seja, com profundidade máxima da superfície de rotura a não exceder 1,5 m. A maioria corresponde também a movimentos rotacionais que ocorrerem no Complexo das Camadas da Abadia (CCA), a unidade geológica que domina a bacia, ocupando cerca de 58% da área. A comparação entre a ocorrência temporal de 182 deslizamentos ocorridos entre novembro de 2009 e abril 2010 e a oscilação do nível freático regional revela uma associação evidente entre ambas as distribuições. A frequência temporal dos deslizamentos associados ao CCA, nomeadamente os que são superficiais ou de profundidade intermédia, parece ter uma relação direta com a oscilação do nível freático. Trata-se portanto de movimentos de vertente facilmente explicados pela subida do nível freático em zonas onde os terrenos sofreram previamente degradação das suas caracteristicas de resistência. Por outro lado, a frequência temporal dos deslizamentos profundos não segue de forma tão clara a oscilação do nível freático regional, como a dos anteriores. As retroanálises de dois deslizamentos profundos, estudados à escala local, indicam que as suas ocorrências estão fortemente associadas a intervenções humanas nas vertentes e, em parte, a reativações de movimentos antigos. Estes deslizamentos profundos ocorreram em terrenos que atingiram forte degradação das propriedades de resistência (valores de ângulo de atrito e coesão muito baixos) e quando se verificam níveis freáticos mais elevados, associados a eventos de precipitação mais intensa. Estas mesmas propriedades de resistência e condições hidrológicas provavelmente controlam também a ocorrência dos deslizamentos superficiais e intermédios na região de Arruda dos Vinhos.
The north area of Lisbon in general and the Arruda dos Vinhos region in particular have natural conditions which are favourable to the occurrence of slope mass movements. The hydrological year 2009/10 was characterised by high precipitation indexes which lead to the occurrence of also a high number os landslides in the Arruda dos Vinhos region. In this study the hydrodynamic character of the Rio Grande da Pipa watershed was analysed, through a lumped parameter model of diary sequential water balances, in order to understand its influence in the stability of natural slopes. Morphological, geotechnical and hydrological local conditions affecting slope stability were also analysed through back-analysis of two selected landslides. During the studied hydrological year, landslides were mainly shallow-seated, with maximum depth of rupture surface not exceeding 1.5 m. The majority were also rotational slides which occurred in the Abadia geological unit, the one that dominates the watershed by occupying 58% of the study area. The comparison between temporal occurrences of 182 landslides between November 2009 and April 2010 and the fluctuation of the regional water table reveals a clear association between both distributions. Shallow and intermediate rotational landslides in the Abadia geological unit are those that seem more sensitive to water table fluctuations. These events are explained by the increase of the water table in areas where soils previously suffered degradation of their strength properties. On the other hand, temporal distribution of deep-seated landslides does not have a direct relationship with fluctuation of the regional water table as shallow and intermediate landslides. The detailed back-analyses of the two deep-rotational slides suggest that their occurrences were influenced by human interventions in the area and are in part related to reactivations of past landslides. Back-analyses revealed that deep-rotational slides in the Abadia geological unit occur in soils that reached a high degradation state of their strength properties (low friction angle and cohesion) and when high water tables occur, associated to precipitation events that exceed given thresholds. These strength properties and hydrological conditions may well define also the occurrence of shallow and intermediate rotational landslides in the Arruda dos Vinhos region.
Descrição: Tese de mestrado, Geologia Aplicada (Geologia de Engenharia), Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2015
URI: http://hdl.handle.net/10451/18120
Designação: Mestrado em Geologia Aplicada (Geologia de Engenharia)
Aparece nas colecções:FC - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfc113809_tm_Carlos_Jesus.pdf71,21 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.