Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/18129
Título: Cartografia geológica digital em SIG: aplicação à Ilha de Santa Luzia, Arquipélago de Cabo Verde
Autor: Gonçalves, Daniel da Silva
Orientador: Silveira, António Pedro Valério Brum da, 1959-
Palavras-chave: Cabo Verde
Santa Luzia
Cartografia geológica
SIG
Modelo digital de terreno
Teses de mestrado - 2015
Data de Defesa: 2015
Resumo: A ilha de Santa Luzia apresenta características muito particulares no contexto do Arquipélago de Cabo Verde pelo facto de ser a única ilha desabitada e desértica deste território. Esta situação deve-se fundamentalmente ao clima muito seco e quente, em que a falta de água contribui para um terreno árido, com flora esparsa e seca. Estes factores, associados à falta de infra-estruturas e meios logísticos (ausência de electricidade, transportes, etc.), explicam a carência de estudos geológicos realizados nesta região insular, sendo que, nas últimas décadas, a única referência existente está inserida no trabalho intitulado “A Geologia do Arquipélago de Cabo Verde”, de J. Bacelar Bebiano, publicado em 1932. Mais recentemente, em 2008, no âmbito do projecto de investigação “PLINT: interacção pluma-litosfera em Cabo Verde (POCTI/CTA/45802 /2002; FCT/FEDER)”, desenvolveram-se trabalhos de campo com vista à elaboração da cartografia geológica da ilha, assim como, à recolha de amostras com o propósito de realizar estudos de geoquímica elementar e isotópica das suas rochas magmáticas. Na sequência desta última missão geológica, e com base naquelas minutas de campo, o trabalho que agora se apresenta tem como objectivo principal a produção do Mapa Geológico da ilha de Santa Luzia, na escala 1:15.000, utilizando ferramentas de desenho vectorial e técnicas de análise espacial inseridas em sistemas de informação geográfica (ArcGIS 10.1). Neste sentido, efectuou-se a rasterização, georreferenciação e vectorização dos mapas de campo e, aos vários objectos espaciais, foi associada uma tabela de atributos com a informação geológica disponível. O padrão de afloramentos final foi completado recorrendo a dados provenientes de fotointerpretação (ortofotomapas e imagens de satélite), assim como, a dados geomorfológicos retirados de modelos temáticos de elevação, declives e de sombra. Pretende-se com o presente caso de estudo propor uma metodologia de trabalho na produção digital de cartografia geológica, integrada em sistemas de informação geográfica.
The island of Santa Luzia has very particular characteristics in the context of the Cape Verde archipelago since it is the only uninhabited and desert island of the archipelago. This condition is mainly due to the very dry and hot climate, where the lack of water contributes to an arid land with sparse and dry flora. These factors, coupled with the absence of infrastructure and logistic facilities (no electricity, transport, etc.), explain the lack of geological studies in this island region. In recent decades, the only reference is in work entitled "The Geology of the Cape Verde Archipelago" by J. Bacelar Bebiano (published in 1932). More recently in 2008, in the scope of the research project "PLINT: plume-lithosphere interaction in Cape Verde” (POCTI / CTA / 45802 / 2002; FCT / FEDER), field work on the geological mapping of the island was performed, together with samples collection aiming the study of the elemental and isotopic geochemistry of the magmatic rocks. In result of this last geological mission, and based on the field work drafts, the work herein presented aims to produce the Geological Map of the Santa Luzia island (in a 1: 15,000 scale) using vectorial drawing tools and spatial analysis techniques within a geographic information systems (ArcGIS 10.1). Following this objectives, georeferencing and vectorization of field maps was performed and for several spatial objects was associated their geological information. The final outcrops mapping was completed using data obtained from photointerpretation (ortophotomaps and satellite images) and from the geomorphological data deduced from thematic elevation, slopes and shadow models. The aim of this case study is to recommend a work methodology for the production of digital geological maps within geographic information systems.
Descrição: Tese de mestrado em Geologia do Ambiente, Riscos Geológicos e Ordenamento do território, apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2015
URI: http://hdl.handle.net/10451/18129
Designação: Mestrado em Geologia do Ambiente, Riscos Geológicos e Ordenamento do Território
Aparece nas colecções:FC - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfc112096_tm_Daniel_Gonçalves.pdf9,03 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.