Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
FC - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/1813

Título: Variabilidade temporal na disponibilidade de presas e dieta da lontra em ribeiras intermitentes na serra de Grândola:implicações de conservação
Autor: Salgueiro, Vânia Filipa Martins
Orientador: Reis, Margarida Santos
Palavras-chave: Mamíferos
Lontra
Alimentação
Serra de Grândola
Teses de mestrado
Issue Date: 2009
Resumo: O elevado crescimento humano e a maior pressão exercida nos recursos naturais, estão a provocar alterações nos sistemas aquáticos. Avaliar os efeitos na composição e estrutura das comunidades, e no funcionamento dos sistemas, e uma prioridade de conservação. A lontra, como predador aquático cuja sobrevivência depende da capacidade de resposta as alterações de origem antropogénica, e um bom modelo. Partindo de um estudo de 1999 em três ribeiras Mediterrânicas (Bacia do Sado, SO Portugal), pretendeu-se avaliar as alterações sofridas nas comunidades de presas aquáticas (riqueza especifica e abundância relativa), e a forma como a lontra respondeu a essas alterações (dieta). A riqueza e abundância das espécies piscícolas foram avaliadas através de pesca eléctrica, a abundância de lagostins com armadilhas de funil, e a dieta da lontra por análise de dejectos. Nos 10 anos que medeiam os dois estudos, a comunidade piscícola sofreu alterações na riqueza específica e na abundância. O ciprinídeo endémico Iberochondrostoma lusitanicum diminuiu significativamente e o Complexo Squalius alburnoides aumentou proporcionalmente. Foram ainda detectadas duas espécies exóticas (Australoheros facetus e Gambusia holbrooki) não presentes anteriormente. Os resultados dos lagostins foram inconclusivos devido a impossibilidade de replicar o método de captura de 1999. A lontra respondeu positivamente as alterações observadas na diversidade e abundância das presas, alterando a sua dieta em concordância com as mesmas (redução significativa no consumo de I. lusitanicum e aumento significativo no de C.S.alburnoides), registando-se ainda a predação de G. holbrooki e A. facetus. Apesar desta resposta positiva da lontra as alterações do sistema, a sua persistência futura poderá estar comprometida dado o cenário que prevê reduções drásticas da disponibilidade hídrica, e consequentemente da comunidade piscícola, e uma intensificação da destruição do habitat. A previsível perda de capacidade de suporte destes ecossistemas, sobretudo os de regime intermitente, torna-os prioritários na aplicação de medidas de gestão/conservação.
The high human growth and the increased pressure on natural resources are causing changes in aquatic systems. Evaluating the effects on the composition and structure of communities, and on system operation, is a conservation priority. The otter, as aquatic predator whose survival depends on the ability to respond to changes of anthropogenic origin, is a good model. Based on a 1999 study in three Mediterranean streams (Sado Basin, SW Portugal), the aim of this study was to assess the changes made in the communities of aquatic prey (species richness and relative abundance), and the otter's response to these changes (diet). Fish species richness and abundance were evaluated by electrofishing, red swamp crayfish abundance by using funnel traps, and the otter diet by spraint analysis. In the 10 years that mediate both studies, the fish community has changed in both species richness and abundance. The endemic cyprinid Iberochondrostoma lusitanicum decreased significantly and the Squalius alburnoides complex increased proportionally. Two exotic species (Australoheros facetus and Gambusia holbrooki) which were not present previously, were also detected. The red swamp crayfish results were inconclusive due to the inability to replicate the capture method used in 1999. The otter responded positively to the changes observed in prey diversity and abundance, changing its diet in accordance with them (significant reduction in the consumption of I. lusitanicum and significant increase in the S.alburnoides complex). A. facetus and G. holbrooki predation was also registered. Despite the otter's positive response to system changes, its future persistence may be compromised given the scenario predicting dramatic reductions in water availability, and consequently in the fish community, and the intensification of habitat destruction. The predictable loss of the carrying capacity of these ecosystems, especially the intermittent regimes, makes them a priority in the research and application of management/conservation measures.
Descrição: Tese de mestrado, Biologia (Biologia da Conservação), 2009, Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências
URI: http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000578031
http://hdl.handle.net/10451/1813
Appears in Collections:FC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
22112_ulfc080749.pdf3,36 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE