Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/18197
Título: Fornecimento sedimentar por bacias de pequena dimensão: aplicação ao arco Caparica-Espichel
Autor: Dias, João Francisco Filipe
Orientador: Taborda, Rui, 1966-
Palavras-chave: Fornecimento
Sedimentar
Bacias
LiDAR
Modelos
Balanço
Caparica-Espichel
Teses de mestrado - 2015
Data de Defesa: 2015
Resumo: O conhecimento da evolução de um sistema de praia, depende da definição do balanço sedimentar costeiro, assumindo a quantificação do fornecimento sedimentar, um papel determinante. No entanto, se os métodos de quantificação, associados a sistemas fluviais com rede de drenagem desenvolvida, já se encontram razoavelmente definidos, os métodos de quantificação sobre os sistemas de pequena dimensão, com uma rede de drenagem incipiente, ainda se encontram numa fase embrionária. O objetivo principal deste trabalho consistiu no estudo e avaliação do fornecimento sedimentar ao litoral por bacias de pequena dimensão. As bacias que constituem o objeto de estudo consistem no sistema de drenagem incipiente, desenvolvido nas arribas e vertentes costeiras de natureza arenosa do arco Caparica-Espichel. A quantificação do fornecimento sedimentar baseou-se em duas metodologias: a) observações de campo - foram efetuadas as seguintes observações: análise da evolução topográfica das arribas e vertentes costeiras, com recurso a LiDAR terrestre; estudo de leques de dejeção existentes no sopé da arriba; avaliação do sedimento acumulado numa estrutura de retenção a qual foi construída no âmbito deste trabalho; b) modelação empírica - foram utilizadas as aproximações de Langbein e Schumm, Teixeira e Andrade e RUSLE. Os resultados obtidos para erosão específica neste estudo foram os seguintes: o valor experimental efetivo, determinado para a pequena bacia com barragem de sedimentos, foi de 1.89 kg m-2 ano-1. Os valores obtidos pelos modelos empíricos aplicados às bacias de pequena dimensão, variaram entre 0.47 kg m-2 ano-1 a 1.78 kg m-2 ano-1. De acordo com a validação efetuada, o modelo RUSLE é o que melhor se aplica ao estudo de bacias de pequena dimensão. Com base nos resultados obtidos, concluímos que a contribuição do fornecimento sedimentar ao litoral pelas bacias de pequena dimensão nas arribas e vertentes costeiras de natureza arenosa do arco Caparica-Espichel para o balanço sedimentar desta área foi estimado em 4.5 × 103 m3 ano-1 a 13.5 × 103 m3 ano-1.
The knowledge on the evolution of a beach system depends on the definition of the costal sedimentary balance, where the quantification of the source of sediment assumes an important role. However, while the methods of quantification associated to watersheds with developed drainage are fairly well described, the quantification methods applied to small systems, with incipient drainage system, are still at an initial stage. The aim of this study is to determine the sediment supply from small watersheds to the coast. The study focuses on an incipient system that develops on the sandy cliffs and hillsides of the Caparica – Espichel littoral arc. The source of sediment quantification was based on two methodologies: a) field observations –the following observations were made: topographic evolution analysis of the cliffs and hillsides, through the use of Terrestrial LiDAR; study of cliff base deposits; evaluation of the source of sediment collected on a retention structure constructed in the scope of this work; b) Empirical modelling - the following approaches were used: Langbein & Schumm, Teixeira & Andrade, and RUSLE. The results obtained for the measure of specific erosion are as follows: the experimental effective value determined for the small watershed with the sediment retention structure, was 1.89 kg m-2 year-1. The obtained values using the empirical models varied between 0.47 kg m-2 year-1 and 1.78 kg m-2 year-1. According to the validation, RUSLE is the more accurate model to be applied to the study of small watersheds. Based on the results obtained, sediment supply from the small watersheds contributing to the sedimentary balance of the coastal stretch Caparica – Espichel, was estimated between 4.5 × 103 m3 year-1 and 13.5 × 103 m3 year-1.
Descrição: Tese de mestrado em Geologia do Ambiente, Riscos Geológicos e Ordenamento do Território, apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2015
URI: http://hdl.handle.net/10451/18197
Designação: Mestrado em Geologia do Ambiente, Riscos Geológicos e Ordenamento do Território
Aparece nas colecções:FC - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfc112095_tm_João_Dias.pdf4,04 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.