Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/18271
Título: Luto parental em situações de morte inesperada : reações à perda, estratégias de coping e perceção de qualidade de vida
Autor: Gonçalves, Jacinta Tânia Teixeira
Orientador: Fradique, Fernando Carlos Sepúlveda Afonso, 1957-
Palavras-chave: Luto
Morte súbita
Estratégias de coping
Qualidade de vida
Teses de mestrado - 2014
Data de Defesa: 2014
Resumo: O presente estudo teve como objetivo compreender a experiência da morte súbita e inesperada de um filho, quais as reações que os pais descrevem após a perda e que fatores identificam como mais protetores e como mais difíceis de lidar. Pretendeu-se ainda avaliar as estratégias que coping que os pais recorrem para lidar com a morte do filho e a sua perceção de qualidade de vida (QdV). A investigação adotou uma metodologia qualitativa (entrevista semiestruturada) com recurso a um questionário para avaliar a perceção subjetiva da qualidade de vida (WHOQOL-Bref; Canavarro et al., 2007). O estudo contou com uma amostra de 8 pais (6 mães e 2 pais) que perderam filhos por suicídio, afogamento ou acidente de viação. Os resultados obtidos revelam que a morte inesperada de um filho é descrita como uma experiência extremamente difícil e que as circunstâncias da morte parecem interferir com a intensidade e duração dos sintomas de luto e com o processo de adaptação à perda. Foram identificados vários fatores protetores, que mais têm ajudado no processo de luto (tais como o apoio social, o apoio do cônjuge, de outros filhos e do filho que morreu), bem como o que tem sido mais difícil de lidar (a ausência e saudades que sentem do filho). As estratégias de coping referidas pelos participantes foram continuar vínculo, procura ativa de suporte, expressão emocional, retomar rotinas e manter-se ocupado e coping espiritual-religioso. A perceção de QdV parece ser relacionada com alguns aspetos do processo de luto. Em conclusão foram discutidas implicações teóricas e interventivas, limitações da investigação e sugestões para investigações futuras.
Purpose of this study was to understand parents’ experience in dealing with the sudden, unexpected, loss of a child, particularly their reactions after the event and the factors they identify as most protective or hardest to deal with, including the assessment of the coping strategies that parents tend to resort to in dealing with such event and their ongoing perception of their quality of life. A qualitative methodology (semi-structured interview) was adopted, having used a questionnaire to grade the subjects’ perception of their own quality of life (WHOQOL-Bref; Canavarro et al., 2007). Study sample comprised eight parents (6 mothers and 2 fathers) that had lost their children in distinctive circumstances such as suicide, drowning or car accident. Results show that the unexpected loss of a child is perceived as an extremely difficult experience and that the circumstances in which it takes place seem to interfere with the intensity and duration of the grieving symptoms and also with the process of adaptation to the loss. Several protective factors were identified such as social support, spouse companionship or comforting from other children. These seem to play a role in dealing with both the mourning and the longing for the deceased child. Coping strategies that were mentioned by participants include maintain the bond to the deceased child, actively searching for support, emotional expression, getting back to day-to-day routines, trying to be permanently occupied and religious/spiritual coping. Perception of quality of life seems to be related with some of the elements of the mourning process. Discussion was centered on theoretical and intervention implications, limitations to further investigation and suggestion for future studies.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde, Núcleo de Psicologia da Saúde e da Doença), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2014
URI: http://hdl.handle.net/10451/18271
Designação: Mestrado em Psicologia
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie047275_tm_tese.pdf829,2 kBAdobe PDFVer/Abrir
ulfpie047275_tm_anexos.pdf1,25 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.