Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/18284
Título: Temas de carreira e estratégias de adaptabilidade na sobredotação : representações vocacionais do passado, do presente e do futuro
Autor: Reis, Inês Matias
Orientador: Janeiro, Isabel Nunes, 1960-
Palavras-chave: Sobredotação
Perspectivas construtivistas
Desenvolvimento vocacional
Teses de mestrado - 2014
Data de Defesa: 2014
Resumo: As novas teorias construtivistas em psicologia vocacional têm como objetivo ajudar os indivíduos a lidar com as tarefas de desenvolvimento vocacionais e a planear as suas vidas num contexto em constante mudança. Neste quadro conceptual, existem ainda poucas investigações sobre a construção de carreira em populações específicas, e em particular no âmbito da sobredotação. Assim, baseando-se na teoria construtivista de Savickas (2005a), este trabalho procura compreender o processo de construção de carreira de indivíduos com características de sobredotação, mais especificamente, os seus temas de vida, projetos vocacionais e estratégias de adaptabilidade. Esta investigação envolveu 45 participantes, entre os sete e os 33 anos, que foram organizados em quatro grupos etários. Os instrumentos utilizados foram: Questionário de Exploração das Experiências e Aspirações Pessoais e Profissionais, Inventário de Perspetiva Temporal, Escala de Atribuições Causais e Escala de Esperança. A análise por grupos mostra que os participantes apresentam temas de vida e projetos vocacionais heterogéneos. Apesar desta heterogeneidade, a comparação inter-grupos evidencia uma tendência de temas relacionados com a vontade de intervir na sociedade e um maior número de projetos investigativos. Relativamente às estratégias, os resultados indicam a presença de elevados níveis de esperança e de orientação para o futuro, e uma diminuição das atribuições internas de fracasso ao longo dos grupos etários. Os resultados apontam ainda para um estilo adaptativo de abordagem das tarefas vocacionais e mostram que os adolescentes com características de sobredotação apresentam níveis elevados de adaptabilidade de carreira. Em termos metodológicos, o estudo evidencia que as abordagens construtivistas têm potencialidades para a compreensão da construção da carreira na sobredotação, e mais especificamente, que as taxonomias adotadas na análise dos temas e dos projetos apresentam vantagens para o estudo das narrativas de carreira. Finalmente, discutem-se as implicações destes resultados para a conceção de intervenções vocacionais mais adaptadas às características dos estudantes sobredotados.
The new constructivist theories in vocational psychology aim to help individuals to deal with the vocational development tasks and to plan their lives in a constantly changing context. Concerning this conceptual framework, there are yet few studies regarding the career construction in specific populations, and particularly within giftedness. Thus, based on Savickas’ (2005a) constructivist theory, this research aims to understand the career construction process of individuals with characteristics of giftedness, in particular, their life themes, vocational projects and adaptability strategies. The research group was constituted by 45 participants, ranging from seven to 33 years old, which were organized in four age groups. The participants fulfilled the following instruments: Questionnaire of Exploration of Experiences and Personal and Professional Aspirations, Time Perspective Inventory, Attributional Beliefs Scale and Hope Scale. The analysis by groups shows that the participants present heterogeneous life themes and vocational projects. Despite this heterogeneity, the comparison between groups indicates a tendency to life themes related to the will to contribute to society, and a greater number of investigative vocational projects. Concerning the adaptability strategies, the results show the presence of high levels of hope and orientation to the future, and a decrease in internal beliefs of failure throughout all groups. Moreover, the results point to the presence of an adaptive career coping style and show that adolescents with characteristics of giftedness have high levels of career adaptability. In terms of methodology, this study highlights that constructivist approaches present potentialities for the comprehension of career construction process in giftedness and, more specifically, that the taxonomies used in the analysis of themes and projects are useful to the study of career narratives. Lastly, the implications of these results for the design of vocational interventions more suited to the gifted students’ characteristics are discussed.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia da Educação e da Orientação), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2014
URI: http://hdl.handle.net/10451/18284
Designação: Mestrado em Psicologia
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie047271_tm.pdf1,1 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.