Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/18319
Título: Língua e desenvolvimento: o caso da Guiné-Bissau
Autor: Barbosa, José Augusto
Orientador: Gaspar, Catarina I. S.
Palavras-chave: Língua portuguesa - Estudo e ensino - Guiné-Bissau
Língua crioula bissau-guineense - Estudo e ensino
Política linguística - Guiné-Bissau
Língua materna e língua segunda (Ensino de línguas) - Guiné-Bissau
Educação e Estado - Guiné-Bissau
Estratégias de desenvolvimento
Teses de mestrado - 2015
Data de Defesa: 2015
Resumo: A questão do ensino da língua portuguesa como língua oficial e língua segunda em África tem merecido críticas, ao mesmo tempo que tem sido objeto de estudo, mesas redondas e colóquios em áreas diversas, em especial no âmbito do ensino/aprendizagem de LE/L2 e da sua repercussão na política linguística e na política educativa aí desenvolvida nas últimas décadas. A língua portuguesa na Guiné-Bissau é a única com estatuto de língua oficial, idioma de escolarização e da administração pública. Na verdade, é nessa língua que se processa todo o ensino, desde o ensino básico até ao ensino superior. Sabemos que a educação é um dos eixos estratégicos do desenvolvimento, à qual deve ser atribuído um papel de grande importância. O papel da língua materna na aprendizagem de outras línguas é um dos aspetos que julgo ser particularmente relevante no caso da Guiné-Bissau, tendo em conta a diversidade linguística existente no território. A inexistência de uma política educativa que alie de forma construtiva a presença das línguas maternas africanas e do crioulo com a língua portuguesa, aliada à situação de diglossia reinante na Guiné-Bissau, são fatores inibidores do processo de desenvolvimento da qualidade e do sucesso do sistema de ensino, com repercussões na sociedade guineense e no próprio crescimento do país. O presente trabalho propõe uma leitura e análise da bibliografia no âmbito da didática de LE/L2, do ensino bilingue e dos estudos sobre o desenvolvimento económico e social. São objetivos específicos deste trabalho: - Abordar o panorama linguístico da Guiné-Bissau; - Analisar os mecanismos da política linguística na Guiné-Bissau e da política em geral, tendo em vista a política para o desenvolvimento educativo e social do país; - Estudar o crioulo guineense, considerando a sua génese e o seu papel entre diversas línguas africanas no território da Guiné-Bissau; - Analisar o estatuto da Língua Portuguesa na Guiné-Bissau, em particular o seu papel no sistema educativo guineense e principais dificuldades no seu ensino/aprendizagem.
Abstract: The question of the teaching of Portuguese as official language and as second language in Africa has received criticism, while it has been the subject of studies, roundtables, especially in teaching / learning FL/L2 and its repercussion on language policy and education policy developed there in recent decades. The Portuguese language in Guinea-Bissau is the only one with the status of official language, language of schooling and public administration, indeed all the education from primary to higher education is done in this language. We know that education is one of the strategic development axes, which must be given a role of great importance. The role of mother tongue in learning other languages is one of the aspects that we must consider to be particularly relevant in the case of Guinea-Bissau, considering the existing linguistic diversity across the country. The absence of an education policy that combines constructively in the presence of African mother tongues and Creole with Portuguese, allied to diglossia that prevails in Guinea-Bissau are inhibiting factors of the process of quality development and success of the country itself. This work will be developed by reading and analysing literature within the didactics of FL/L2, bilingual education and studies on the economic and social development. The specific aims are: - Address the linguistic landscape of Guinea-Bissau; - To analyse the mechanisms of language policy in Guinea-Bissau and politics in general, in view of the policy for the education and social development of the country; - Studying the Guinean Creole, considering its origins and its role among various African languages spoken within Guinea-Bissau; - Analyse the status of the Portuguese Language in Guinea-Bissau and, in particular, its role in the Guinean education system and the major difficulties in teaching and learning process.
URI: http://hdl.handle.net/10451/18319
Designação: Mestrado em Língua e Cultura Portuguesa (LE/L2)
Aparece nas colecções:FL - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfl183078_tm.pdf1,15 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.