Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/18326
Título: Gestão da sala de aula : um estudo com professores do 1º ciclo
Autor: Valente, Sónia Filipa Rodrigues, 1977-
Orientador: Veiga, Feliciano
Palavras-chave: Gestão da sala de aula
Professores (Ensino básico, 1º Ciclo)
Disciplina
Disrupção escolar
Teses de mestrado - 2015
Data de Defesa: 2015
Resumo: Enquadramento conceptual: O estudo do conceito de gestão da sala de aula tem surgido como importante e atual, sobretudo nas teorias cognitivo-sociais, que destacam a escassez de investigações e a necessidade de aprofundamento das existentes. Os professores desenvolvem estratégias na gestão da sala de aula, no sentido de conceberem condições favoráveis ao processo do ensino e da aprendizagem. Objetivo geral: pretendeu-se, na dissertação realizada, procurar informação para responder ao seguinte Problema de Investigação: Como se caracterizam os comportamentos de gestão da sala de aula percecionados pelos professores do 1º ciclo e como variam em função de fatores específicos? Especificamente foram consideradas as seguintes questões de estudo: “Q1: Como se distribuem os professores pelos indicadores de “competências de gestão da aula” (CGA), em termos de baixas e elevadas competências?”; “Q2: Como se diferenciam os professores nos parâmetros de “competências de gestão da aula” (CGA), em função dos cargos havidos na escola?”; “Q3: Como se diferenciam os professores nos diferentes parâmetros de “competências de gestão da aula” (CGA), em função do estado civil?”; “Q4: Como se diferenciam os professores nos diferentes parâmetros de “competências de gestão da aula” (CGA), em função do tempo de serviço?”; “Q5: Como se diferenciam os professores nos diferentes parâmetros de “competências de gestão da aula” (CGA), em função da satisfação que têm na sua profissão?” e “Q6: Que relação existe entre as “competências de gestão da aula” (CGA) e a disrupção escolar dos alunos inferida pelos professores?”. Método: é um estudo de natureza quantitativa em que 181 professores do 1º ciclo do ensino básico, no distrito de Lisboa, responderam à Escala de Gestão da Aula, de Emmer & Hickman (1991) e à Escala de Disrupção Escolar Inferida pelos Professores, de Veiga (2006). Resultados e conclusões: os resultados indicam que os professores percecionam como elevadas as suas competências de gestão da aula, apresentando resultados mais elevados nas dimensões da gestão de comportamento e gestão de ensino. Os resultados sugerem que os professores, com cargos exercidos na escola, detêm mais competências de gestão da aula nas seguintes dimensões: gestão de comportamento e gestão de ensino. O grupo de professores com um grau de satisfação elevado na profissão possui mais competências de gestão da aula nas dimensões: perceção das influências externas; gestão do comportamento e gestão do ensino. O estado civil e o tempo de serviço dos professores não apareceram associados com as competências de gestão na sala de aula. As competências de gestão da aula aparecem significativa e negativamente correlacionada com a disrupção escolar dos alunos inferida pelos professores. São apresentadas implicações para a prática educativa, bem como sugestões de novos estudos.
Conceptual framework: Research on the concept of Classroom Management has become central and current, especially in the social-cognitive study areas, which emphasize the scarceness of available research and the need for further analysis of existing studies. Teachers develop Classroom Management strategies, in order to promote conditions that foster teaching and learning. Main objective: in this study the main goal was to gather information pertinent for the following Research Problem: How are the Classroom Management behaviours typified, as perceived by 1st grade teachers, and how do they vary as a result of specific factors? The following research questions were specifically considered: “Q1: How are teachers distributed over the range of “Classroom Management Skills” (CMS) in terms of high or low skill level?”; “Q2: How do teachers differ on “Classroom Management Skills” (CMS) as a result of other functions or positions assumed in the School?”; “Q3: How do teachers differ on “Classroom Management Skills” (CMS) as a result of their marital status?”; “Q4: How do teachers differ on “Classroom Management Skills” (CMS) as a result of their duration of employment?”; “Q5: How do teachers differ on “Classroom Management Skills” (CMS) as a result of their level of professional satisfaction?” and “Q6: How do “Classroom Management Skills” (CMS) relate to school disruption caused by students as perceived by teachers?”. Method: a quantitative study was carried out, through inquiries made to 181 1st grade teachers in the district of Lisboa; teachers answered to the Teacher Efficacy in Classroom Management and Discipline Scale (Emmer & Hickman, 1991), and to the School Disruption Scale Inferred by Teachers (Veiga, 2006). Results and conclusions: results indicate that teachers perceive their Classroom Management Skills (CMS) as high, with highest scores on both the efficacy for classroom management and discipline subscale and the personal teaching efficacy subscale. Results suggest that teachers with other functions or positions assumed in the school have Classroom Management Skills on both the efficacy for classroom management and discipline subscale and the personal teaching efficacy subscale. Teachers with a high level of professional satisfaction have higher Classroom Management Skills (CMS) on the external influences, efficacy for classroom management and discipline and personal teaching efficacy subscales. Teachers’ marital status and duration of employment do not appear to be related with Classroom Management Skills. Classroom Management Skills are significantly and negatively correlated with classroom disruption caused by students inferred by teachers. Consequences for the teaching practice are discussed, as well as proposals for further studies.
Descrição: Tese de mestrado, Educação (Área de Especialização em Formação Pessoal e Social), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2015
URI: http://hdl.handle.net/10451/18326
Designação: Mestrado em Educação
Aparece nas colecções:IE - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie047293_tm.pdf983,63 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.