Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/18368
Título: O desafio para o multilinguismo: o projecto Erasmus
Autor: Tranfaglia, Ludovica
Orientador: Gaspar, Catarina I. S.
Palavras-chave: União Europeia - Política linguística
ERASMUS
Multilinguismo - Países da União Europeia
Línguas - Estudo e ensino
Estudantes - Mobilidade - Europa
Teses de mestrado - 2015
Data de Defesa: 2015
Resumo: O presente trabalho pretende analisar conceitos relativos à promoção e à realização da política do multilinguismo em Europa, em particular o objeto de estudo será o projeto Erasmus, instituído pela União Europeia no âmbito do The Lifelong Learning Programme. O trabalho será dividido em três partes principais. Na primeira será dada uma atenção mais teórica ao contexto das políticas de promoção das línguas desenvolvidas pela União Europeia a partir da Declaração Universal dos Direitos Linguísticos até chagar ao mais recente Tratado de Lisboa. A segunda parte apresentará aspectos relativos às iniciativas que promovem o multilinguismo e nesse caso serão investigados, especificamente, o processo de integração social, linguística e cultural dos estudantes que participam em programas de mobilidade internacional. Na última parte, irá analisar-se o caso concreto dos estudantes Erasmus em Lisboa, em particular, no que diz respeito à integração linguística e cultural e à modalidade da aprendizagem do português como língua estrangeira. Assim sendo, para obter os dados necessários para o estudo, serão efectuadas entrevistas para verificar a política de ensino do português como L2/LE e o processo de diferenciação e identidade na comunidade de acolhimento. A metodologia adoptada inclui a pesquisa bibliográfica, a análise de fontes documentais, jurídicas e a pesquisa no terreno através da realização de entrevistas.
Riassunto: Lo scopo di questo lavoro è analizzare concetti relativi alla promozione del multilinguismo in Europa, prestando una particolare attenzione al progetto Erasmus istituito dall'Unione Europea nell'ambito del programma The Lifelong Programme. La tesi sarà divisa in tre parti: Nella prima sarà data un'attenzione più teorica alle politiche di promozione delle lingue sviluppate dall' Unione Europea, partendo dalla Dichiarazione Universale dei diritti Linguistici fino ad arrivare al più recente Trattato di Lisbona. Nella seconda parte saranno presentati aspetti relativi alle iniziative volte a promuovere il multilinguismo e in tal caso sarà investigato, nello specifico, il processo di integrazione sociale, linguistica e culturale degli studenti che partecipano ai programmi di mobilità internazionale. L'ultima parte vedrà il caso concreto degli studenti Erasmus a Lisbona, soprattutto in relazione all'integrazione linguistica e culturale e alla modalità dell'apprendimento del portoghese come lingua straniera. In questo modo per ottenere i dati necessari allo studio, saranno fatte delle interviste per verificare la politica di insegnameto del Portoghese L2/LS e i processo di differenzazione e identità nella comunità di accoglimento. La metodolgia adottata include la ricerca bibliografica, l'analisi di documenti, fonti giuridiche e una ricerca sul campo per la realizazione delle interviste.
URI: http://hdl.handle.net/10451/18368
Designação: Mestrado em Língua e Cultura Portuguesa (LE/L2)
Aparece nas colecções:FL - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfl179601_tm.pdf965,84 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.