Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/18383
Título: Ensino da música em Portugal (1868-1930) : uma história da pedagogia e do imaginário musical
Autor: Paz, Ana Luísa Fernandes
Orientador: Ó, Jorge Ramos do, 1962-
Catani, Denice Barbara
Palavras-chave: Ensino especializado
Ensino da música
Cultura musical
Teses de doutoramento - 2015
Data de Defesa: 2015
Resumo: Apresento uma investigação historiográfica sobre o ensino vocacional de música português, entre os anos de 1868 e 1930. Durante esse espaço de tempo, atravessado por três regimes políticos (monarquia, república, ditadura militar), esta aprendizagem expandiu-se, quer em número de efetivos, quer em diferentes estratos sociais. O alargamento do número e variedade de alunos envolvidos teve reflexos na conceção de ideias pedagógicas e da apresentação de si, levando-me a sustentar que o nosso entendimento sobre o acesso à educação de músicos, compositores ou diletantes foi forjado neste período, e, segundo a minha hipótese, tendo por referência a noção de génio. Essa noção configura, no meu entender, um invariante que tanto implica o máximo ideal de aspiração, como um verdadeiro modelo de onde foram decalcadas formas de vida. A pesquisa, embora se desvele sobre outras fontes (e.g., legislação, estatística, debates parlamentares, arquivos escolares, espólios pessoais) explanou-se essencialmente a partir de: (i) monografias expert sobre música e seu ensino; (ii) periódicos especializados em música, em educação e ensino, e em cultura, artes e sociedade. Nestes dois filões, procurei assinalar textos ou ações pedagógicas e dados biográficos sobre os músicos em atividade no período selecionado. Através de uma utensilagem teórica extraída das obras de Michel Foucault e de Pierre Bourdieu, indaguei acerca dos três principais eixos da ação do sujeito musical, tendo por horizonte maior a ideia de génio: o eixo dos discursos, onde se conceberam os principais saberes que deveriam orientar a prática musical e a sua educação; o eixo dos preceitos, em que se observa como os saberes foram tornados normativos na condução da conduta dos futuros músicos; e o eixo dos procedimentos, onde se procura perceber como o discurso se efetivou nas práticas, tendo em atenção as modalidades de ensino disponíveis.
I present an historical research about the Portuguese music vocational system, from 1868 to 1930. In that period, crossed by three different political regimes (monarchy, republic, military dictatorship), this education was expanded, both in the number and social origins of students enrolled. This was reflected in the conception of new pedagogical ideas and the presentation of the self, leading me to argue that our understanding about the rarefied access to the vocational training by musicians, composers and dilettanti, was forged in that period. Also, in my hypothesis, it kept the idea of genius has its main reference, constituting what I believe to be an invariant that can both imply the highest ideal of expectation, and the model from where forms of life were drawn. Although this research recovers other sources, (e.g., legislation, statistics, parliamentary debates, school archives, personal archives) it was built essentially upon: (i) expert monographs about music and its’ education; (ii) periodical press specialized in music, in education and in culture, arts and society. In this two sources, I tried do identify both texts or pedagogical actions, and biographical data on musicians that were active in this period. I used the theoretical tools extracted from the works of Michel Foucault and Pierre Bourdieu to investigate the three main axes of the social action of the musician, always keeping the genius as its’ main horizon: the axis of speeches, where the knowledge that should orient the musical practice and it’s education was conceived; the axis of norms, where it can be observed how knowledge was made normative towards the behavior of future musicians; and the axis of action, where I try to understand how the speech was turned into effective practices, considering the available training opportunities.
Descrição: Tese de doutoramento, Educação (História da Educação), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2015
URI: http://hdl.handle.net/10451/18383
Designação: Doutoramento em Educação
Aparece nas colecções:IE - Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulsd070768_td_Ana_Paz.pdf8,39 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.