Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/18390
Título: Italiano controlado para a tradução automática (italiano-português): linguagem especializada: informática
Autor: Zamagni, Annalisa
Orientador: Marrafa, Palmira
Palavras-chave: Tradução automática
Tratamento automático da linguagem natural
Análise automática (Linguística)
Língua italiana - Linguagem científica e técnica - Tradução para português
Língua portuguesa - Tradução automática
Teses de mestrado - 2015
Data de Defesa: 2015
Resumo: As linguagens controladas são conjuntos de restrições cuja utilização contribui para a realização de textos homogéneos e simplificados que facilitam, além do mais, a sua análise por parte dos sistemas de tradução automática que podem, desta maneira, gerar outputs de melhor qualidade. O presente estudo tem como objetivo demonstrar que é possível a organização de um conjunto de regras (sintáticas, morfológicas, lexicais, etc.), para a redação de templates técnicos num italiano controlado capazes de responder às necessidades de processamento da informação por parte dos sistemas de tradução automática sendo, igualmente, de utilidade para o controlo da qualidade dos emails num contexto empresarial de suporte técnico prestado ao utente final e baseado nas regras da escrita técnica. O domínio de referência é o da informática (mais especificamente o das impressoras) e o par de línguas trabalhado é italiano-português. O sistema de tradução automática de referência é o SYSTRANet disponível online. O fragmento de linguagem controlada elaborado, dada a sua dupla funcionalidade, embora prevalentemente Machine-Oriented controlled language (MOCL) envolve alguns aspetos das Human-Oriented controlled languages (HOCL) no que diz respeito ao controlo da qualidade.
ABSTRACT: Controlled languages are sets of restrictions used to create standardized and simplified inputs that facilitates, especially, their analysis into machine translation systems allowing in this way the creation of better quality outputs. In this study we demonstrate the possibility of creating a set of rules (syntactical, morphological, lexical, etc.) for the redaction of technical templates in controlled Italian capable to answer to machine translation needs and, secondarily, to business email quality control standards, which are based on technical writing rules, in a context of technical support for end users. The referring technical domain is computer science (more specifically printers sub-domain) and the linguistic pair used is Italian-Portuguese (EU). The machine translation system used is SYSTRANet, available online. The controlled language fragment elaborated is classified as Machine-Oriented controlled language (MOCL) taking however into consideration some of the aspects of Human-Oriented controlled languages (HOCL) for what concerns quality control.
URI: http://hdl.handle.net/10451/18390
Designação: Mestrado em Tradução
Aparece nas colecções:FL - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfl179137_tm.pdf971,46 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.