Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/18416
Título: Processos de regulação : relação com necessidades, bem-estar psicológico, distress psicológico e sintomatologia
Autor: Carolino, Neuza Alexandra Oliveira Gomes
Orientador: Vasco, António Branco, 1955-
Palavras-chave: Processos de regulação
Necessidades psicológicas
Bem-estar psicológico
Teses de mestrado - 2014
Data de Defesa: 2014
Resumo: Enquadrada conceptualmente no Modelo de Complementaridade Paradigmática, a presente investigação foca-se no estudo dos processos que se perspectivam relevantes na regulação da satisfação das necessidades psicológicas. Construiu-se um instrumento de medição do grau de funcionalidade desses processos, cujas propriedades psicométricas foram avaliadas. Objectivou-se também estudar as relações entre estes processos e a regulação da satisfação das necessidades, bem-estar psicológico, distress psicológico e sintomatologia. Assim, numa plataforma online foram aplicados instrumentos para avaliação destas variáveis a uma amostra de conveniência de adultos e maioritariamente não-clínica. Os resultados parecem mostrar uma associação mais forte entre os processos e a regulação da satisfação das necessidades, sendo o valor preditivo dos processos também maior para esta variável. Os indivíduos com maior funcionalidade dos processos de regulação apresentam maiores níveis de regulação da satisfação das necessidades e de bem-estar psicológico, contrariamente a indivíduos cuja funcionalidade dos processos é menor e que apresentam maiores níveis de distress psicológico e sintomatologia. Indivíduos “com” e “sem” perturbação não diferem relativamente ao grau de funcionalidade de nenhum dos processos. Indivíduos com um maior grau de funcionalidade dos processos e de regulação da satisfação das necessidades apresentam níveis mais elevados de bem-estar psicológico e mais baixos de distress psicológico e sintomatologia. Os resultados fornecem apoio empírico para a relação entre os processos conceptualizados e a própria regulação da satisfação das necessidades e também corroboram estudos anteriores sobre a relação entre esta última variável e bem-estar psicológico, distress psicológico e sintomatologia.
Conceptually framed by the Paradigmatic Complementary Model, this research focuses on the study of processes that are envisaged as relevant in the regulation of psychological needs satisfaction. It was developed an instrument to measure the functionality degree of these processes, and its psychometric qualities were assessed. It was also a goal to study the relationships between these processes and the regulation of needs satisfaction, psychological well-being, psychological distress and symptomatology. Thus, it was applied instruments for assessing these variables in a convenience sample of adults, mostly non clinical, in an online platform. The results suggest there is a stronger association between the processes and the regulation of psychological needs satisfaction, being the processes predictive value higher to this variable as well. Individuals with higher regulation processes functionality present higher levels of regulation of psychological needs satisfaction and psychological well-being, which is the opposite of the results for the individuals with lower regulation processes functionality who present higher psychological distress and symptomatology levels. Individuals “with” and “without” disorder don’t differ about the functionality levels of any process. Individuals with higher processes functionality and higher regulation of psychological needs satisfaction show higher psychological well-being and lower psychological distress and symptomatology levels. The results provide empirical support to the relationship between the conceptualized processes and the regulation of psychological needs satisfaction itself, and they also support the results found in previous studies about the relationship between this variable and psychological well-being, psychological distress and symptomatology.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde, Núcleo de Psicoterapia Cognitiva-Comportamental e Integrativa), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2014
URI: http://hdl.handle.net/10451/18416
Designação: Mestrado em Psicologia
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie047291_tm.pdf975,46 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.