Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/18470
Título: Caracterização do BTT no Parque Natural de Sintra-Cascais: um contributo para a revisão da Carta de Desporto de Natureza do PNSC
Autor: Campelo, Maria Brito, 1988-
Orientador: Guerreiro, José, 1958-
Mendes, Ricardo Manuel Nogueira
Palavras-chave: Desporto - Ambiente
Áreas protegidas - Portugal
Teses de mestrado - 2015
Data de Defesa: 2015
Resumo: As áreas protegidas têm como papel principal a conservação da natureza, mas ao mesmo tempo, o objetivo de serem usadas pelo público para atividades de desporto e lazer, o que acontece com crescente intensidade e frequência, especialmente naquelas perto das grandes cidades. Uma destas atividades é o BTT, um desporto e atividade recreativa com várias vantagens para a saúde, mas que gera vários impactes ecológicos e sociais. Esta é uma das atividades mais praticadas no Parque Natural de Sintra-Cascais. Localizado na área metropolitana de Lisboa, este é o Parque Natural português com maior densidade de residentes e é composto por ecossistemas costeiros e de montanha, com vários valores naturais e construídos. Os principais objetivos deste trabalho são: espacializar os percursos usados para BTT no território do PNSC; obter uma quantificação preliminar do uso de BTT neste Parque e compreender quem são os BTTistas do PNSC, as suas expetativas, perceções, conflitos e dificuldades sentidos na prática do seu desporto neste local. É ainda um objetivo, que o resultado deste trabalho contribua, para o processo de revisão da Carta de Desporto da Natureza desta AP, atualmente a decorrer. Para alcançar estes objetivos foram utilizados um serviço de partilha online, como ferramenta para espacializar um desporto de natureza numa AP, contadores magnéticos automáticos e foram realizados inquéritos. Os resultados mostram que os BTTistas deste Parque utilizam uma rede de percursos, que tira partido da rede viária existente, tem troços ilegais e que se estende por todo o território do PNSC. Estes BTTistas são essencialmente homens com 35 a 54 anos, que praticam o seu desporto maioritariamente domingo de manhã e que residem muito perto do PNSC, tendo por este um grande sentimento de pertença. O cruzamento com praticantes de atividades não motorizadas são vistos positivamente e os seus principais conflitos recaem sobre os desportos motorizados.
Protected areas’ main objective is nature conservation. At the same time, they serve the public for both sport and recreational activities, which is happening with increasing intensity and frequency, especially in protected areas near big cities. One of these activities is MTB, a sport and recreational activity with several health advantages, that generates several ecological and social impacts. MTB is one of the most practiced activities in the Sintra-Cascais Natural Park. Located in Lisbon metropolitan area, this is the Portuguese Natural Park with the highest resident levels. PNSC consists of costal and mountainous ecosystems, with several natural and man-made values. This project’s main objectives are: to obtain the spacialization of the MTB trails in the PNSC territory; preliminarily assessment of the MTB use in this Park; to draw a profile of these mountain bikers, their expectations, perceptions, motivations, conflicts and difficulties felt while practicing their sport in this Park. Another objective of this project is to contribute to the revision process of this PA Nature Sports Chart, currently undertaken. In order to fulfil these goals, we used one webshare service, as a tool to spacialize nature sports within a PA, magnetic counters and inquiries. Results show these mountain bikers use a web of trails, throughout the entire Park territory. This web is in part coincidental with the existent road network, with some legal and some illegal stretches. These mountain bikers are essentially men, between 35 to 54 years old. They mainly practice on Sunday mornings and live near the Park, which, in some way, gives them the sense that the Park belongs to them. Encountering other users, of non-motorized activities is seen as positive and their main conflicts reside with motorized sports.
Descrição: Tese de mestrado. Biologia (Ecologia e Gestão Ambiental). Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2015
URI: http://hdl.handle.net/10451/18470
Designação: Mestrado em Biologia (Ecologia e Gestão Ambiental)
Aparece nas colecções:FC - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfc114638_tm_maria_campelo.pdf21,92 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.