Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Psicologia (FP) >
FP - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/1913

Título: Dores somáticas e depressão nas mulheres de meia-idade
Autor: Reis, Natália de Araújo
Orientador: Gonçalves, Bruno, 1950-
Palavras-chave: Depressão
Dores somáticas
Mulheres - Portugal
Teses de mestrado - 2010
Issue Date: 2010
Resumo: A associação entre dor e depressão é largamente reconhecida, no entanto a relação de proximidade entre estas variáveis é complexa e nem sempre clara. O objectivo da presente investigação é estudar as relações entre dores somáticas e sintomatologia e perturbações depressivas em mulheres portuguesas de meia-idade. Colocam-se como principais hipóteses as de que dor e depressão estão positivamente correlacionadas num mesmo momento e de que sintomas de dor estão correlacionados com sintomas e diagnósticos de depressão posteriores. Analisaram-se os dados de 487 mulheres com idades compreendidas entre os 35 e 65 anos, utentes dos cuidados de saúde primários. Todas as mulheres responderam a um questionário sobre dores e à versão portuguesa da Center for Epidemiologic Studies Depression Scale (CES-D), tendo sido algumas (281) seleccionadas para participar numa entrevista clínica semiestruturada a fim se realizar o diagnóstico clínico de várias formas de depressão, segundo os critérios do DSM-IV. Um ano após a primeira avaliação uma parte das mulheres que participaram na primeira entrevista aceitaram voltar a ser avaliadas (144), recolhendo-se novos dados sobre sintomatologia depressiva e perturbações depressivas recentes. Os resultados confirmam as hipóteses colocadas: a presença de dor torna mais provável a existência simultânea de sintomatologia e perturbações depressivas; mulheres com queixas de dor num primeiro momento apresentam, no decorrer do ano seguinte, mais sintomatologia depressiva e maior risco de sofrerem de perturbações depressivas, em particular perturbação depressiva major. Acresce ainda o facto de o número de sintomas de dor ser relevante, mais do que a localização corporal específica da mesma. Não foram encontradas diferenças entre dores com causa médica conhecida e dores sem causa orgânica conhecida, estando ambas positivamente correlacionadas com a depressão.
The association between pain and depression is largely recognized, even if the relation linking these variables is complex and not always clear. The purpose of the present investigation is to study the relation between somatic pain and depressive symptoms and disorders in middle-aged Portuguese women. It has been hypothesized that pain and depression are positively correlated at a given moment and that pain symptoms are correlated with later depressive symptomatology and disorders. The data of 487 women, primary health services patients between the ages of 35 and 65, was analyzed. All subjects answered a questionnaire about pain and the Center for Epidemiologic Studies Depression Scale (CES-D) and 281 of them were further selected to participate in a clinical semi-structured interview in order to evaluate the presence of various forms of depression according to the DSM-IV criteria. One year after the first evaluation, some women (144) agreed to participate again and new data was gathered concerning recent depressive symptoms and disorders. The results confirm both hypothesis: the presence of pain makes the co-occurrence of depressive symptoms and disorders more probable; women with pain symptoms in a first moment demonstrate higher depressive symptomatology and greater risk of suffering from depressive disorders during the following year, particularly major depressive disorder. Furthermore, it has been found that the number of pain complaints is more relevant than the specific pain location. Finally, there have not been found any differences between pain with known medical cause and unexplained pain symptoms, both being correlated to depression.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicologia Clínica Dinãmica), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2010
URI: http://hdl.handle.net/10451/1913
Appears in Collections:FP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfp035578_tm.pdf406,97 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia