Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/20094
Título: Portugal, uma democracia dual
Autor: Silva, Filipe Carreira da
Vieira, Mónica Brito
Palavras-chave: Participação política
Representação política
Data: 2011
Editora: Edições 70
Citação: Silva, F.C.; Vieira, M. B. (2011). Portugal, uma democracia dual. In: Carmo, R. (coord.), Desigualdades em Portugal: problemas e propostas, p. 23-34. Lisboa: Edições 70
Resumo: Dos vários ideais inscritos no ADN da democracia, um assume particular saliência a exigência duma igualdade de voz política, transversal a classe, etnia, género ou credo. Uma igualdade que desde Atenas se quis materializada, não apenas num direito formal de participação no processo politico, mas numa oportunidade efectiva de falar, e ser ouvido, nesse mesmo processo. A ideia de participação vem de "parte", de ser parte dalguma coisa. Transferindo para o contexto democrático, participar significa, pois, antes de mais, tomar parte da coisa publica, no duplo sentido de inclusão (ou fazer parte de) e de dialética política (ou tomar partido), para fazer valer diferentes pontos de vista sobre decisões que afetam o destino coletivo.
URI: http://hdl.handle.net/10451/20094
ISBN: 978-972-44-1698-4
Aparece nas colecções:ICS - Capítulos de Livros

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ICS_FCSIlva_MBVieira_Portugal_CLN.pdf565,22 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.