Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/20147
Título: Estudo de hábitos de nidificação de abelhas solitárias em ecossistemas agrários: o caso dos pomares de pêra rocha no Oeste
Autor: Pinto, David Nuno Ribeiro, 1989-
Orientador: Rebelo, Maria Teresa Ferreira Ramos Nabais de Oliveira, 1964-
Franco, José Carlos
Palavras-chave: Abelhas
Nidificação
Teses de mestrado - 2015
Data de Defesa: 2015
Resumo: O presente trabalho teve como objetivos principais: 1) caracterizar os locais de nidificação de abelhas que nidificam no solo, na vizinhança dos pomares de pereira Rocha, através da captura e identificação de exemplares e do levantamento de características associadas a cada ninho; 2) avaliar se a instalação de ninhos artificiais construídos com canas pode contribuir para o estabelecimento de abelhas solitárias, em pomares de pereira Rocha, identificando as espécies de abelhas presentes e respetivas taxas de colonização, assim como algumas das suas características de nidificação, como o tipo de material utilizado na individualização das células (material vegetal ou lama), ou o tipo de reservas alimentares em cada célula (pólen, néctar, ou ambos). Foram identificadas dez espécies de abelhas que nidificam no solo, nomeadamente Andrena agilissima, A. thoracica, Anthophora affinis, A. fulvitarsis, A. plumipes, Eucera notata, Halictus scabiosae, Hoplitis bisulca, H. zaianorum, Lasioglossum malacharum e Tetraloniella iberica, e uma espécie cleptoparasítica, Sphecodes monilicornis. Em relação aos parâmetros que condicionam a seleção de locais para nidificação, em geral, os resultados sugerem que especialmente a cobertura vegetal, mas também a textura do solo são os mais importantes, sendo o declive e a orientação das superfícies de nidificação secundários. Verificou-se, ainda, que este tipo de abelhas apresenta variabilidade entre espécies e, muitas vezes, dentro da mesma espécie, em características como a organização social, a morfologia externa dos ninhos e a distribuição espacial dos ninhos. Foram identificadas duas espécies do género Osmia, i.e. O. bicornis e O. caerulescens, nos ninhos artificiais instalados nos pomares de pereira Rocha estudados. Osmia bicornis construiu ninhos com células divididas por lama e reservas alimentares de pólen para as larvas, enquanto que O. caerulescens utilizou material vegetal na construção dos ninhos, com reservas de pólen e néctar.
This work had as main objectives: 1) to describe the nest sites of ground-nesting bees in the vicinity of Rocha pear orchards, through the capture and identification of individuals and through the collection of characteristics associated with each nest; 2) to evaluate if the installation of artificial nests built with canes can contribute to the installation of solitary bees in Rocha pear orchards, while determining the occupying species, their respective colonization rates, as well as some of their nesting habits such as the materials used to build nest cells (plant material or mud) or the type of food reserves (pollen, nectar or both). Ten species of ground-nesting bees were identified during the course of this work: Andrena agilissima, A. thoracica, Anthophora affinis, A. fulvitarsis, A. plumipes, Eucera notata, Halictus scabiosae, Hoplitis bisulca, H. zaianorum, Lasioglossum malacharum and Tetraloniela iberica, as well as a cleptoparasitic species, Sphecodes monilicornis. Regarding the parameters that influence nest site selection, the results suggest, in general, that soil texture and, especially, plant cover are among the most important factors, while soil inclination and soil orientation seem to be secondary. We also verified that these bees show high interspecific and intraspecific variability in regards to some characteristics, such as social organization, nest external morphology and spatial distribution of the nests. We identified two Osmia species that used the artificial nests installed in the studied Rocha pear orchards, Osmia bicornis and O. caerulescens. While O. bicornis seemed to use mud to build their nest cells and pollen as a food reserve for larvae, O. caerulescens apparently used plant materials and a mixture of pollen and nectar.
Descrição: Tese de mestrado. Biologia (Biologia da Conservação). Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2015
URI: http://hdl.handle.net/10451/20147
Designação: Mestrado em Biologia (Biologia da Conservação)
Aparece nas colecções:FC - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfc114740_tm_david_pinto.pdf8,59 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.