Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/20251
Título: Qualidade de vida do idoso : a sua perspetiva e a do seu cuidador formal
Autor: Martins, Raquel Amaro
Orientador: Fradique, Fernando Carlos Sepúlveda Afonso, 1957-
Palavras-chave: Idosos
Cuidadores formais
Qualidade de vida
Teses de mestrado - 2014
Data de Defesa: 2014
Resumo: O presente estudo teve como objetivo investigar a qualidade de vida do idoso em diferentes contextos de vida, nomeadamente idosos residentes em Lar, idosos que frequentam o Centro de Dia e idosos com Apoio Domiciliário. Pretendeu-se ainda comparar se existem diferenças entre a perceção do idoso acerca da sua qualidade de vida e a perceção do cuidador formal sobre a qualidade de vida do idoso. Trata-se de um estudo exploratório e correlacional com comparação entre grupos. Foram utilizados cinco instrumentos: um Questionário Sociodemográfico, e as versões portuguesas do MMSE, Índice de Barthel, WHOQOL-BREF e SF-36. Ao nível da qualidade de vida, os idosos apresentam uma melhor qualidade de vida nas relações pessoais e uma pior qualidade de vida geral. Na qualidade de vida relacionada com a saúde, os idosos apresentam uma pior perceção no funcionamento físico e uma melhor perceção no funcionamento social. Na comparação dos diferentes contextos, existem diferenças significativas nas subescalas desempenho físico e desempenho emocional entre os grupos Lar e Domicílio, sendo que o último apresenta uma melhor qualidade de vida nestas subescalas. Na comparação das perspetivas do idoso e do cuidador formal sobre o idoso, há concordância de perspetivas em todos os domínios da qualidade de vida. No entanto, na qualidade de vida relacionada com a saúde, os cuidadores percecionam a dor corporal mais positivamente que os idosos e a saúde mental mais negativamente. Na comparação da discrepância entre as diferenças de perspetivas, o tempo de serviço e a escolaridade do cuidador formal obtiveram diferenças significativas. Com a variável contextos de vida verificaram-se diferenças significativas no domínio das relações pessoais e subescalas saúde geral e desempenho emocional entre os grupos Lar e Domicílio.
The present study aimed to investigate the quality of life of the elderly in different life’s contexts, including elderly residents in Nursing Homes, seniors who frequent the Day Center and seniors with Home Care. It was intended to further compare the differences between elderly’s perception of their quality of life and the perception of the formal caregiver about the elderly’s quality of life. This is an exploratory and correlational study with comparison between groups. Five instruments were used: Socio-demographic questionnaire and the Portuguese versions of MMSE, Barthel Index, WHOQOL-BREF and SF-36 it was used. In terms of quality of life, the elderly present a better quality of life in personal relationships and a worse general quality of life. In health-related quality of life, the elderly have a worst perception in physical functioning and a better perception in social functioning. Comparing the different contexts, there are significant differences in the subscales physical performance and emotional performance between the Nursing Home and Home Care groups, the latter presents a better quality of life in these subscales. Comparing the elderly perspective and the formal caregiver perspective about the senior, there is an agreement of perspectives in all areas of quality of life. However, in health-related quality of life, the caregivers perceived physical pain more positively than elderly and mental health more negatively. Comparing the discrepancy between the differences of perspectives, the time of service and the schooling of the formal caregivers had significant differences. With the variable contexts of life there were significant differences in the area of personal relationships and general health and emotional performance subscales between Nursing Home and Home Care groups.
Descrição: Tese de Mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde, Núcleo de Psicologia da Saúde e da Doença), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2014
URI: http://hdl.handle.net/10451/20251
Designação: Mestrado em Psicologia
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie047358_tm_tese.pdf4,92 MBAdobe PDFVer/Abrir
ulfpie047358_tm_anexos.pdf7,79 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.