Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/20254
Título: O papel mediador do coping diádico na relação entre o conflito conjugal e o suporte emocional parental
Autor: Soares, Tânia Sofia Conceição
Orientador: Pedro, Marta Maria Figueiredo, 1982-
Palavras-chave: Conflito conjugal
Parentalidade
Coping
Teses de mestrado - 2014
Data de Defesa: 2014
Resumo: O impacto do conflito conjugal na parentalidade é um dos dados mais consistentes ao nível da literatura de estudos da família. Neste sentido, a investigação tem procurado identificar mecanismos que possam mediar a associação entre o conflito conjugal e a relação pais-filhos. Contudo, apesar das evidências empíricas demonstrarem que o coping diádico dos elementos do casal se encontra fortemente relacionado com a qualidade conjugal, e considerando a perspectiva sistémica que postula a interdependência e influência mútua entre os diferentes subsistemas familiares, até à data desconhecem-se estudos publicados acerca da relação do coping diádico com as práticas parentais. Deste modo, o presente estudo pretende contribuir para a literatura sobre a relação conjugalidade-parentalidade, investigando o papel mediador do coping diádico na associação entre o conflito conjugal e o suporte emocional parental. Participaram no estudo 202 famílias portuguesas (mãe, pai e filho/(a)), casados ou em união de facto, com filhos de idades compreendidas entre os 12 e os 21 anos. Foi aplicado um questionário de dados sociodemográficos, o O’Leary Porter Scale (O’Leary & Porter, 1980), o Inventário do Coping Diádico (Vedes, Nussbeck, Bodenman, Lind, & Ferreira, 2013), o EMBU-Pais (Canavarro, 1996) e o EMBU-Crianças (Canavarro & Pereira 2007b). Os resultados são consistentes com a literatura existente, mostrando uma relação indirecta entre o conflito conjugal e o suporte emocional parental, mediada através do coping diádico, em particular o coping diádico apoiante. Os resultados indicaram também a existência de uma relação directa entre o conflito conjugal e o coping diádico, nomeadamente o apoiante, o delegado e o negativo, bem como entre o coping diádico apoiante e o suporte emocional parental.
The impact of marital conflict on parenting it's one of the most consistent data as regards the literature of family studys. Accordingly, the investigation has sought to identify mechanisms that can mediate the association between the marital conflict and the relationship parents-children. However, despite empirical evidence demonstrated that dyadic coping of the couple elements finds itself strongly related to marital quality, and considering the systemic perspective that postulates the interdependence and mutual influence between the different family sub-systems, to date are not known published studies on the relationship of dyadic coping with parenting practices. Thus, this study aims to contribute to the literature on marital-parenting relationship, investigating the mediating role of dyadic coping on the association between marital conflict and parental emotional support. 202 Portuguese families have participated in the study (mother, father and child), married or cohabiting, with children aged between 12 and 21 years . One sociodemographic questionnaire was applied , the O'Leary Porter Scale (O'Leary & Porter, 1980), the Dyadic Coping Inventory (Vedes, Nussbeck, Bodenman, Lind, & Ferreira, 2013), o EMBU-P (Canavarro, 1996) e o EMBU-C (Canavarro & Pereira 2007b). The results are consistent with the existent literature, showing an indirect relationship between marital conflict and parental emotional support, mediated through dyadic coping, particularly supportive dyadic coping. The results also indicated the existence of a direct relationship between marital conflict and dyadic coping, including the supporter, the officer and the negative, as well as between supportive dyadic coping and parental emotional support.
Descrição: Tese de Mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde, Núcleo de Psicologia Clínica Sistémica), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2014
URI: http://hdl.handle.net/10451/20254
Designação: Mestrado em Psicologia
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie047391_tm.pdf2,15 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.