Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/2044
Título: Prevenção do uso/abuso de álcool nos adolescentes : construção e avaliação de um programa de intervenção em contexto escolar
Autor: Barroso, Teresa Maria Mendes Diniz de Andrade, 1968-
Orientador: Mendes, Aida Maria de Oliveira Cruz, 1954-
Barbosa, António, 1950-
Palavras-chave: Prevenção
Abuso do álcool
Adolescentes
Contexto escolar
Teses de doutoramento - 2010
Data de Defesa: 2009
Resumo: As evidências revelam que o consumo de álcool tem o seu início em idades precoces e aumenta com a idade, problemática complexa que pode comprometer o desenvolvimento actual e futuro do indivíduo. Neste quadro, a prevenção do uso/abuso de álcool nos adolescentes constitui um importante desafio para todos os implicados no seu desenvolvimento. Neste sentido, o presente trabalho foi desenvolvido com os seguintes objectivos: analisar o fenómeno do consumo de álcool nos estudantes do 3º ciclo; adaptar a Escala de Expectativas Positivas acerca do Álcool (EEPaA/AEQ-A) e avaliar as qualidades psicométricas do Questionário de Aptidões Sociais (QAAS/SSRS); construir o programa de intervenção “Parar para Pensar” (PpP) e avaliar o seu efeito na prevenção do uso/abuso de bebidas alcoólicas dos adolescentes do 7º ano de escolaridade. Realizaram-se dois estudos prévios: estudo descritivo-correlacional (n = 654 adolescentes); tradução e adaptação do EEPaA/AEQ-A e avaliação psicométrica do QAAS/SSRS. E um estudo quasi-experimental, com grupo experimental (n = 70) sujeito à intervenção PpP e grupo de controlo (n = 108) sem intervenção. Os resultados indicam que os adolescentes com experiências de consumo destacaram-se nas expectativas positivas acerca do álcool e na percepção do consumo elevado dos pares (p<.05). A EEPaA/EQ-A adaptada inclui 4 factores e α = .94; o QAAS/SSRS apresentou um α = .84. Relativamente aos efeitos do PpP os resultados sugerem a evolução positiva dos conhecimentos, expectativas acerca do álcool, percepção do consumo e ocorrência de embriaguez nos pares, frequência do consumo e ocorrência de episódios de embriaguez (p<.05). O PpP mostrou ser útil como EpS, pela sua eficácia na estabilização dos consumos de álcool, no aumento dos conhecimentos, na estabilização das expectativas positivas e na percepção do consumo pelos pares. A ausência de efeito nas aptidões sociais impõe a reflexão acerca dos conteúdos e metodologias de intervenção neste domínio.
The evidence indicates that alcohol use begins early in life and increases with age. This is a complex issue which may compromise the current and future development of the individual. For this reason, the prevention of alcohol use/abuse in adolescents represents a major challenge for all people involved in their development. Therefore, the present study aimed to analyse the phenomenon of alcohol use among 7th, 8th and 9th grade students; adapt the Alcohol Expectancy Questionnaire – Adolescent (AEQ-A) and evaluate the psychometric properties of the Social Skills Rating System (SSRS); conceive and develop the intervention program named Parar para Pensar (PpP – Stop to Think) and to evaluate its efficacy on the prevention of alcohol use/abuse among 7th grade students. Two previous studies were conducted: a correlational study (654 adolescents); translation and adaptation of the AEQ-A and psychometric evaluation of the SSRS. A quasi-experimental study with two independent adolescents groups, the experimental group (n = 70) and the control group (n = 108). The results indicate that adolescents with drinking experiences had higher positive expectations about alcohol and perception of high peer consumption (p<.05). The adapted AEQ-A includes 4 factors and α = .94; the SSRS showed α = .84. The PpP produced positive influence in knowledge, expectations about alcohol, perception of peer alcohol use and intoxication episodes, frequency of consumption and occurrence of intoxication (p<.05). In conclusion we can say that the PpP is a useful health education intervention due to its efficacy in stabilizing alcohol consumption, increasing knowledge, stabilizing the positive expectations and the perception of peer alcohol use. However, the lack of positive influence in the social skills requires a reflection on some of this intervention program contents and methods.
Descrição: Tese de doutoramento, Enfermagem, Universidade de Lisboa, com a participação da Escola Superior de Enfermagem, 2010.
URI: http://hdl.handle.net/10451/2044
Aparece nas colecções:REIT - Teses de Doutoramento (Enfermagem)



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.