Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/20448
Título: Relação entre coping, bem-estar psicológico e satisfação com a vida, numa população de adolescentes
Autor: Dias, Maria Catarino
Orientador: Bizarro, Luísa Maria Gomes, 1959-
Palavras-chave: Adolescentes - Psicologia
Género
Estratégias de coping
Bem-estar psicológico
Satisfação com a vida
Teses de mestrado - 2014
Data de Defesa: 2014
Resumo: O principal objetivo deste estudo passa por compreender de que forma o nível de desenvolvimento na adolescência influencia a utilização de determinadas estratégias de coping, bem como averiguar qual o papel do género na utilização das mesmas. Pretende-se, ainda, compreender de que forma as estratégias de coping se relacionam com o bem-estar psicológico e com a satisfação com a vida, bem como analisar de que forma estas últimas variáveis se relacionam entre si. Objetivo desta investigação é, também, analisar as qualidades psicométricas dos instrumentos de avaliação utilizados. Para tal, foi utilizada uma amostra de 445 adolescentes, dos quais 204 pertenciam ao género feminino e 241 ao género masculino, com idades compreendidas entre os 10 e os 18 anos, que responderam a três instrumentos de avaliação: o Child Perceived Coping Questionnaire (CVCQ), a Escala de Bem-Estar Psicológico (ESBE) e a Escala de Satisfação com a Vida (ESV). Os resultados demonstram que, tal como em estudos anteriores, a EBEPA e a ESV apresentam-se como ferramentas úteis para o estudo do bem-estar psicológico e da satisfação com a vida, na população adolescente. Já as qualidades psicométricas do CPCQ levantaram algumas questões quanto à sua utilização futura. Este estudo permitiu concluir que o nível de desenvolvimento dos adolescentes influencia o tipo de estratégias de coping por eles utilizadas, tal como o género. Por fim, os resultados apontam para a existência de relações significativa, positivas e negativas, entre algumas estratégias de coping e o bem-estar psicológico e satisfação com a vida, bem como para uma relação positiva entre as duas últimas variáveis. Em suma, os resultados apontam para a existência de diferenças ao nível da idade e do género na utilização de estratégias de coping, indicando também que existem determinadas estratégias que contribuem mais fortemente para o bem-estar psicológico e para a satisfação com a vida dos adolescentes.
The main purpose of this study is to understand how development level in adolescence influences the use of coping strategies, as well as to find out what is the role of gender in their use. Additionally, we intend to understand the way coping strategies are related with the psychological well-being and life satisfaction, and analyze how these latter variables are related to each other. The aim of this study is also to analyse the psychometric qualities of the assessment instruments used. For this purpose, a sample of 445 adolescents, of whom 204 were females and 241 were males, aged 10 to 18, answered three assessment instruments: the Child Perceived Coping Questionnaire (CPCQ), the Psychological Well-Being Scale for Adolescents (EBEPA) and the Satisfaction with Life Scale (ESV). The results demonstrate that, as in previous studies, the EBEPA and ESV are useful for the study of psychological well-being and life satisfaction in adolescents. Regarding CPCQ, the psychometric properties found raise some questions about using this instrument in the future. This study allowed us to conclude that the adolescent’s development level, as well as gender, influences the type of coping strategies they use. Finally, the results point to the existence of significant, positive and negative relationships between some coping strategies and psychological well-being and life satisfaction, in addition to a positive relationship between the two latter variables. To summarize, the results point to the existence of differences in the age and gender in the use of coping strategies, also indicating that certain types of strategies contribute more strongly to the psychological well-being and life satisfaction of adolescents.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde, Núcleo de Psicoterapia Cognitiva-Comportamental e Integrativa), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2014
URI: http://hdl.handle.net/10451/20448
Designação: Mestrado em Psicologia
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie047398_tm.pdf1,75 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.