Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/20469
Título: Política de clusters o conceito de cluster enquanto catalisador do desenvolvimento territorial as EEC do QREN
Autor: Moreira, Ricardo Alves
Orientador: Vale, Mário
Palavras-chave: Desenvolvimento regional - Portugal
Clusters - política
Quadro de Referência Estratégica Nacional - QREN - Portugal
Teses de mestrado - 2015
Data de Defesa: 2015
Resumo: Esta dissertação tem como objectivo o entendimento da popularidade e relevância da política de clusters. O conceito de cluster e a sua transposição para ferramenta política, constituiu-se como um processo bem-sucedido, e importa perceber as razões que levaram a isso. Na verdade, essas razões, que estão associadas ao facto de o conceito ser vago e multidimensional, constituem o principal foco de problematização teórica relativa à abordagem aos clusters. Ou seja, a sua multidimensionalidade e elasticidade estão ligadas a problemas de clarificação e solidez teórica e empírica, ao mesmo tempo que se constituem como vantagens que permitem aos clusters a moldagem de uma grande variedade de medidas e objectivos políticos importantes para a definição de trajectórias de desenvolvimento territorial. Importa assim perceber as implicações associadas ao conceito de cluster enquanto factor catalisador de políticas públicas de desenvolvimento regional e inovação. Tendo isso em vista, esta dissertação centra-se no caso das Estratégias de Eficiência Colectiva do QREN, para aferir o reflexo da política de clusters em Portugal. Para isto, dá-se uma especial atenção à composição das redes de associados dos clusters portugueses, visando o seu ajustamento territorial e a sua capacidade de abrangência de actores. O ajustamento territorial de cada cluster traduz-se pela relação entre a incidência regional do investimento do QREN em projectos dos associados e a concentração espacial dos sectores. Depois, passa-se a verificar a relação entre o ajustamento e abrangência dos clusters e os seus níveis de desempenho, manifestados pelos resultados do Estudo de Avaliação cometido pelo Observatório do QREN, que é um documento que toma um papel central para a análise presente nesta dissertação. No global, conclui-se que há certos níveis de relação entre a qualidade do ajustamento e abrangência dos clusters e a qualidade dos seus desempenhos e que a implementação da política de clusters em Portugal ainda é algo incipiente.
Abstract: This dissertation has the aim to understand the popularity and relevance of cluster policy. The cluster concept and its transposition into a political tool, was constituted as a successful process, and it is important to understand the reasons for this. Actually, these reasons, which are associated with the fact that the concept is vague and multidimensional, constitute the main focus of theoretical problematization concerning the cluster approach. In other words, its elasticity and multidimensionality are linked to problems of theoretical and empirical clarification and consistency, at the same time that constitute themselves as advantages that allow clusters the molding of a wide variety of important policy objectives and measures for the definition of territorial development trajectories. It is therefore important to understand the implications associated with the cluster concept as a catalyst factor for public policies of regional development and innovation. Owing to that, this dissertation focuses on the case of the Collective Efficiency Strategies of NSRF, to assess the reflection of cluster policy in Portugal. For this, a special attention is given to the composition of networks of associate members, aiming its spatial adjustment and its capacity of actors’ coverage. The spatial adjustment of each cluster is translated by the relationship between the regional incidence of NSRF investment in associate members’ projects and the spacial concentration of sectors. Afterwards take place the examination of the relationship between the adjustment and coverage of clusters and the performance levels, according to the results of the Evaluation Study committed by the NSRF Observatory, which is a document that takes a central role in the analysis present in this dissertation. Overall, it is concluded that there are certain levels of relationship between the quality of adjustment and coverage of clusters and the quality of its performances and that the implementation of the cluster policy in Portugal is still rather incipient.
URI: http://hdl.handle.net/10451/20469
Designação: Mestrado em Gestão do Território e Urbanismo
Aparece nas colecções:IGOT - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
igotul004035_tm.pdf1,83 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.