Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/20470
Título: Os centros comerciais mortos na área metropolitana norte de Lisboa
Autor: Ferreira, Daniela
Orientador: Cachinho, Herculano A. P.
Palavras-chave: Centros comerciais mortos - dead malls
Centros comerciais - gestão - Área Metropolitana de Lisboa Norte (Portugal) - séc. 21
Geografia do comércio
Teses de mestrado - 2015
Data de Defesa: 2015
Resumo: Num contexto em que emergem novos formatos e que os consumidores mudam as suas preferências, é necessário pensar sobre os centros comerciais existentes, desafiados pelos desenvolvimentos do ponto de vista da oferta e da procura. Estando a sua vitalidade comprometida, muitos são aqueles que se tornam em centros comerciais mortos, fenómeno que se tem vindo a intensificar. Embora seja uma realidade pouco conhecida no meio académico, a verdade é que os centros comerciais mortos em alguns países como os EUA, onde são comumente chamados de dead malls, já são bem conhecidos. Neste sentido, existe a necessidade de aprofundar o conhecimento acerca deste fenómeno. Dado isto, o objetivo deste estudo é identificar e compreender as razões que levam ao aparecimento dos centros comerciais mortos. Dado o âmbito do presente estudo, circunscrevemo-nos à Área Metropolitana Norte de Lisboa. A metodologia compreende duas fases. Na primeira, realizou-se um levantamento extensivo no qual foram visitados 150 centros comerciais, de forma a aferir quais eram os centros comerciais mortos, através do registo de observações sob um conjunto de critérios. Na segunda fase, foram seleccionados 4 estudos de caso constituídos por 3 centros comerciais mortos e 1 antigo centro comercial morto que foi revitalizado. Nestes, foram realizadas entrevistas semi-estruturadas a gestores. Os resultados deste estudo mostram-nos que os centros comerciais mortos são fruto da sua conceção, uma vez que correspondem a tipologias que se encontram na fase de declínio. Em acréscimo, através dos estudos de caso, verificamos que os centros comerciais mortos foram concebidos sob uma visão exclusivamente imobiliária e que isso influenciou o modo como foi constituída a gestão. Em resultado, sendo estes stakeholders pouco especializados na área do retalho e, por isso, pouco ligados às preocupações comerciais, verificou-se que as suas práticas de gestão, essenciais para manter a vitalidade, foram inadequadas ou inexistentes.
Abstract: In a moment when new formats are emerging and consumers are changing their preferences, it is vital to reflect on the existing shopping malls, which are being challenged by the developments not only from the point of view of offer, but also demand. With their vitality endangered, many become dead malls, a phenomenon that has increased over the last years. Although this is a thematic that is currently underexplored by scientific research, the reality is that dead malls, in some countries such as the USA, are a well-known issue. In this sense, there is a need to enhance knowledge on this phenomenon. With this in mind, the objective of this study is to identify and understand the reasons that lead to the emergence of dead malls. Given the scope of this study, we focused in Northern Lisbon Metropolitan Area. The methodology comprises two stages. First, a survey was conducted, in which 150 shopping malls were visited, in order to identify dead malls, through observation under a set of criteria. In the second stage, 4 case studies were selected: 3 dead malls and a former dead mall which was revitalized. Semi-structured interviews were conducted with managers. The results of this study show that dead malls are a result of their conception, given that they correspond to typologies that are in their decline phase. Moreover, through the case studies, we have verified that dead malls were conceived under an exclusively real estate perspective and that influenced the constitution of the mall’s management. In result, these stakeholders had little expertise in the retail area and, being apart from commercial concerns, their management practices, essential for the mall’s vitality, were inadequate or inexistent.
URI: http://hdl.handle.net/10451/20470
Designação: Mestrado em Gestão do Território e Urbanismo
Aparece nas colecções:IGOT - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
igotul004023_tm.pdf4,73 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.