Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/20489
Título: Ser brâmane na Goa da época moderna
Outros títulos: Being a brahman in early modern Goa
Autor: Xavier, Ângela Barreto
Županov, Ines G.
Palavras-chave: Identidade bramânica
Império Português
Data: 2015
Editora: Universidade de São Paulo
Citação: Xavier, A. B. & Županov, I. G. (2015). Ser Brâmane na Goa da época moderna [Being a brahman in early modern Goa]. Revista de História, Nº 172, 15-41. doi: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2316-9141.rh.2015.98757
Resumo: O objetivo deste estudo é analisar as estratégias de sobrevivência desenvolvidas pelos brâmanes de Goa durante a dominação imperial portuguesa entre os séculos XVII e XVIII. No caso de Goa, apesar de viverem sob um poder cristão intolerante, alguns brâmanes procuraram recuperar a sua velha identidade. A maioria, porém, decidiu converter-se ao Cristianismo, transformando-se na comunidade de brâmanes católicos. Todavia, mesmo depois de cristianizados, estes brâmanes mantiveram ligações para além dos contextos da dominação imperial portuguesa. Essas ligações também contribuíram, de uma forma ou de outra, para forjar a sua identidade bramânica. As diferentes atitudes destes brâmanes perante a identidade bramânica e o poder imperial português permitem-nos colocar algumas questões: Quais foram as estratégias desenvolvidas pelos brâmanes de Goa, e o que estas revelam sobre a relação entre o poder imperial português e a construção de uma identidade bramânica? O que é que estas estratégias nos revelam sobre os brâmanes de Goa e suas características? E de que maneira estas experiências se articularam com outras experiências indianas de formação da identidade bramânica na época moderna, nomeadamente as que dizem respeito ao seu envolvimento no mundo da burocracia política e da carreira eclesiástica?
The aim of this essay is to discuss Goan Brahmans’ survival strategies under Portuguese dominion in the 17th and the 18th centuries. In the case of Goa, some Brahmans tried to reclaim their earlier religious identity, while living under a Christian power. The majority, however, refashioned themselves as Christians, while trying to keep, at the same time, their Brahman social status. Nevertheless, even after conversion, many of these Brahmans kept on referring to their connections beyond the context of the Portuguese imperial dominance. These two different attitudes towards their own identity and towards Brahman networks beyond the Portuguese empire allow us to ask several questions: What were Goan Brahman’s survival strategies? What was the role played by Portuguese empire in shaping Brahman identity? What do these strategies reveal about Goan Brahman groups and their characteristics? And the way in which these experiences can be linked with other early modern experiences in Brahman identity formation, namely in what concerns their involvement in the scribal and clerical worlds of early modern India?
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10451/20489
DOI: 10.11606/issn.2316-9141.rh.2015.98757
ISSN: 0034-8309
2316-9141
Versão do Editor: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2316-9141.rh.2015.98757
Aparece nas colecções:ICS - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ICS_ABXAvier_Ser_Bramane_ARI.pdf263,78 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.