Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/20510
Título: O papel do turismo nas relacões Europa-China em tempos de crise uma análise a partir das políticas europeias
Autor: Yi, Sun
Orientador: Alves, Teresa
Breda, Zélia
Palavras-chave: Turismo - Políticas europeias
Turismo - Mercado emissor chinês - Portugal
Relações Europa-China
Relações China-Portugal - Mercado emissor chinês - Portugal
Teses de mestrado - 2013
Data de Defesa: 2013
Resumo: O turismo é uma das actividades que mais tem crescido no mundo contemporâneo, transformando-se numa das áreas mais dinâmicas, promissoras e importantes da economia global. Em tempos de crise, este setor é um motor vital económico com capacidade para resistir à crise e gerar crescimento. No entanto, a complexidade da natureza do turismo faz com que os impactes deste sector vão muito além da esfera económica, sendo várias as suas dimensões sócio-políticas. Porém, em comparação com a importância económica e social do turismo, a sua visibilidade política ainda é muito limitada, seja em áreas teóricas ou empíricas. Este trabalho tem como objectivo global estudar o turismo emissor da China como um elemento estratégico nas relações sino-europeias, no contexto da crise da dívida soberana europeia. Em particular, este estudo centra-se na análise das políticas de turismo europeias e na identificação do valor do turismo emissor da China para a Europa e as relações sino-europeias. O trabalho inclui ainda um estudo de caso sobre a situação de Portugal. A revisão teórica foi fundamental na constituição deste projecto, complementada pelas entrevistas semi-estruturadas realiazadas a representantes de entidades públicas e privadas do sector do turismo em Portugal. Pode-se concluir que apostar no turismo emissor da China é estrategicamente importante para a União Europeia, ajudando não só a Europa a reduzir os efeitos da crise, mas também a reforçar a Parceira Estratégica UE-China. A UE necessita de maior esforço a nível comunitário no domínio do turismo.
Abstract: Tourism is an activity that has grown fast in the contemporary world, becoming one of the most dynamic, promising and important areas in the global economy. In the context of crisis, tourism is a vital economic engine, with an ability to withstand the crisis and generate growth. However, the complex nature of tourism makes its impacts go far beyond the economic sphere, being numerous the social-political dimensions of this industry. But, compared to the economic and social importance of tourism, its political visibility is still very weak, either in theoretical or empirical terms. This work aims to understand the role of global outbound tourism from China, as a new player in the strategic Sino-European relations in the context of the European sovereign debt crisis, accomplished by the study and analysis of the development of European tourism policies and the importance of China outbound tourism to Europe and Sino-European relationships. The work also includes a case study on the situation of Portugal. The theoretical review was essential in the constitution of this project, supplemented by semi-structured interviews with representatives of public and private entities in the tourism sector in Portugal. It can be concluded that the Chinese outbound tourism is strategically important for the European Union, helping Europe, not only to reduce the effects of the crisis, but also to strengthen EU-China Strategic Partnership. The European Union needs greater effort in the field of tourism at Community level.
URI: http://hdl.handle.net/10451/20510
Designação: Mestrado em Políticas Europeias
Aparece nas colecções:IGOT - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
igotul003910_tm.pdf1,54 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.