Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/20671
Título: Estudo micropaleontológico e magnético de uma sondagem do quaternário do Atlântico norte (EMEPC. Sondagem CO3; Lat. 30,2N; Long. 28,6W)
Autor: Mateus, Ana Adelaide Palminha
Orientador: Cachão, Mário A. P., 1961-
Silva, Pedro
Palavras-chave: Nanofósseis calcários
Magnetismo ambiental
Análise multivariada de Morphons
C. leptoporus s.l.
Teses de mestrado - 2015
Data de Defesa: 2015
Resumo: A presente dissertação aborda o registo sedimentar Quaternário, com cerca de 300 ka, de uma sondagem realizada no Atlântico Norte (EMEPC, Core CO3, Lat. 30.2N, Long. 28.6W) com três metros de testemunho. Nela foram determinadas e analisadas conjuntamente variações do magnetismo ambiental registadas no sedimento e variações em determinados parâmetros micropaleontológicos (nanofósseis calcários). Para a determinação das variações do magnetismo ambiental, foram efectuadas análises magnéticas, tais como a susceptibilidade magnética de campos baixos, magnetização remanescente anhysteretic e isotérmica. Os resultados revelam que as variações dos parâmetros magnéticos observados ao longo da coluna sedimentar se devem essencialmente à concentração e granulometria magnética de minerais magnéticos de baixa coercividade magnética, essencialmente magnetite. O estudo micropaleontológico consistiu numa primeira fase na determinação e quantificação da associação de nanofósseis calcários seguida de análise estatística multivariada (análise factorial). Entre outros aspectos constatou-se que existe uma correlação positiva entre C. leptoporus s.l., U. sibogae, O. fragilis e R. clavígera, facto que pode estar associado às características específicas destas espécies serem comuns. Numa segunda fase realizou-se o estudo morfométrico da espécie Calcidiscus leptoporus s.l. através da análise multivariada de morphons (AMM) para determinação dos seus morfótipos. Foram identificados 2 morfótipos, o mais pequeno com dimensões entre os 4 e os 6μm, e maior, entre os 7 e os 11 μm, ambos ocorrendo em momentos distintos, ao longo da série temporal estudada. Tendo em conta o modelo de idades disponível verifica-se que durante as terminações dos últimos dois grandes eventos climáticos quaternários existe um sincronismo entre os dados micropaleontológicos com os dados de magnetismo ambiental. Os dados morfométricos de C. leptoporus s.l. sugerem estar relacionados com outros factores que não estes factores ambientais. Verifica-se também a correspondência quase exacta das fases de magnetismo ambiental identificadas com os estados isotópicos marinhos assinalados no modelo de idades.
The present work reaches out issues related to sedimentary record from Quaternary, with 300ka, from a oceanic core from North Atlantic (EMEPC, Core CO3, Lat. 30.2N, Long. 28.6W) with 3 meters long. In this core were determined and analyzed environmental magnetism variations recorded in the sediment and variations in certain micropaleontological parameters (calcareous nannofossils). For the determination of the environmental magnetism variations, were performed magnetic analysis such as magnetic susceptibility of low fields, anhysteretic and isothermal remnant magnetization. The results reveal that the variation of magnetic parameters observed along the core is essentially due to the magnetic concentration and granulometry of magnetic minerals of low magnetic coercivity, essentially magnetite. The micropaleontological study consisted in a first stage on the determination and quatification of calcareous nannofossils assemblage and followed by a multivariate statistical analysis (factorial analysis). Among other things, it was found that there is a positive correlation between C. leptoporus s.l., U. sibogae, O. fragilis e R. clavígera, fact that can be related to the specific characteristics of this species being common. On the second stage, was performed the morphometric study of the specie Calcidiscus leptoporus s.l. through the morphon multivariate analysis (MMA) for the determination of its morphotypes. Were identified 2 morphotypes, the smaller with dimensions between 4 and 6μm, and the larger between 7 and 11 μm, both occurring in distinct moments, through the studied temporal series. Considering the age model available, it is verified that during the terminations of the last two Quaternary big climatic events, there is a synchronism between the micropaleontological and environmental magnetism data. The morphometric data of C. leptoporus s.l. suggested to be related with other factors than the environmental factors. It is also verified an almost exact correspondence between the identified environmental magnetism phases with me marine isotopic stages highlighted on the age model.
Descrição: Tese de mestrado em Ciências do Mar, apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2015
URI: http://hdl.handle.net/10451/20671
Designação: Mestrado em Ciências do Mar
Aparece nas colecções:FC - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfc114264_tm_Ana_Adelaide_Mateus.pdf2,34 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.