Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/20760
Título: A satisfação no trabalho e o conflito trabalho-família : o papel moderador da variável género
Autor: Lopes, André Francisco Moura
Orientador: Lima, Rosário, 1959-
Palavras-chave: Trabalho-família
Género
Satisfação no trabalho
Teses de mestrado - 2015
Data de Defesa: 2015
Resumo: Tendo em conta o facto de a participação das mulheres na força laboral ter-se tornado cada vez mais significativa, a par do número crescente de famílias constituídas por casais de trabalhadores, destaca-se a alteração cultural no estatuto social da condição feminina. Nesta sequência, vários estudos têm incidido na integração das mulheres no contexto laboral e nos obstáculos que estas encontram face ao regime patriarcal vigente, que parece ter impacto ao nível de algumas variáveis relacionadas com o trabalho. Assim, a presente investigação teve como objectivo estudar as variáveis Conflito Trabalho-Família e Satisfação no Trabalho numa amostra de 125 trabalhadores, bem como o efeito moderador da variável género na relação entre as duas variáveis psicológicas em estudo. Os resultados obtidos revelaram que o Conflito Trabalho-Família se relaciona negativamente com a Satisfação no Trabalho, tendo-se constatado diferenças de género em relação às duas variáveis, bem como o papel moderador da variável género. Apresentam-se, ainda, implicações práticas dos resultados obtidos, algumas das limitações do presente estudo exploratório, bem como possíveis linhas futuras de investigação.
Taking into consideration rising significance of the participation of women in the workforce, as well as the increasing number of dual-earner families, we might focus on cultural change as far as the female social condition is concerned. Accordingly, several studies have focused on the integration of women in the working context and on the obstacles faced because of patriarchy, which suggests an impact on some work-related variables. Therefore, this research aimed to study the Work-Family Conflict and Job Satisfaction as well as the moderating effect gender has on the relationship between the two variables, using 125 workers as sample. The collected data revealed that Work-Family Conflict has a negative correlation to Job Satisfaction, and that there are indeed gender-related differences concerning both variables, as well as a moderating role of the gender variable. Practical implications of the obtained results are also presented, along with some of the limitations of the present exploratory study, in addition to some possible future lines of investigation.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia dos Recursos Humanos, do Trabalho e das Organizações), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2015
URI: http://hdl.handle.net/10451/20760
Designação: Mestrado em Psicologia
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie047473_tm.pdf404,58 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.