Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/20821
Título: Planos de pensões: que país paga melhores reformas?
Autor: Fontes, Isabel Sarmento
Orientador: Fonseca, Raquel João
Palavras-chave: Planos de benefício definido
Planos de contribuição definida
Taxa de formação da pensão
Taxa de substituição
Trabalhos de projecto de mestrado - 2015
Data de Defesa: 2015
Resumo: Numa Europa onde as políticas públicas tantas vezes são parecidas nos vários países, e onde as empresas concorrem num mercado cada vez mais homogéneo, poder-se-ia pensar que as políticas e as regras em planos de reforma seriam semelhantes em cada país. No entanto, não são. Na Europa Ocidental, os planos de reforma variam muito entre países. Nalguns, o Estado tem um grande papel na reposição dos rendimentos recebidos durante a vida ativa, noutros é o setor privado o maior responsável por essa substituição. Estas discrepâncias levam-nos a fazer a seguinte pergunta: em que país pode um trabalhador receber um maior rendimento durante a reforma? Este projeto estuda os principais tipos de planos de pensões, a sua história e a sua tendência. Compara os planos de reforma típicos, tanto públicos como privados, em cada país da Europa Ocidental, descrevendo as principais regras de cada plano. Para além disso, é feita uma simulação para perceber em que país é que os indivíduos numa mesma população poderiam receber uma melhor pensão de reforma, dada a conjuntura atual. Para ser possível compreender esta simulação, algumas noções atuariais são descritas e explicadas, tais como o conceito de anuidade e de taxa de substituição. A simulação foi feita numa ferramenta informática disponibilizada pela Mercer Portugal, consultora que presta serviços nas áreas de capital humano, benefícios, pensões e investimentos. Este é, portanto, um projeto de Matemática Aplicada à Economia, que, recorrendo ao cálculo atuarial e às regras de planos de pensões, compara os benefícios de reforma nos vários países da Europa Ocidental.
When looking at a Europe where external policies are often the same across all countries, and where firms compete in an increasingly homogeneous market, one could think that the policies and rules on retirement plans would also be similar in each country. However, this is not the case. In Western Europe, retirement plans vary widely across countries. In some countries, the state has a major role in replacing the income received during active life, whereas in other countries, it is the private sector the main responsible for this replacement. This leads to the following question: in which country would a worker receive a higher income during retirement? This project studies the different types of pension plans, their history and their trend. It compares the typical retirement plans, both public and private, in each country of Western Europe, describing the main rules of each scheme. Also, the project includes a simulation of the retirement benefits that would be paid in each of the considered countries to the individuals belonging to the same population, given the current scenario. In order to be able to describe this simulation, some actuarial notions are explained, such as the concept of annuity and replacement rate. The simulation was done on a software tool provided by Mercer Portugal, a consultant firm which provides services in human capital, benefits, pensions and investments. This is therefore a project on Applied Mathematics to Economics, which, using actuarial sciences and pension plans rules, compares the retirement benefits across countries in Western Europe.
Descrição: Trabalho de projecto de mestrado, Matemática Aplicada à Economia e Gestão, Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2015
URI: http://hdl.handle.net/10451/20821
Designação: Trabalho de projecto de mestrado em Matemática Aplicada à Economia e Gestão
Aparece nas colecções:FC - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfc115896_tm_Isabel_Fontes.pdf1,64 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.