Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/2144
Título: A possível influência da relação com a figura paterna na representação da vinculação pré-natal, em grávidas adolescentes
Autor: Pires, Ana Filipa Fonseca
Orientador: Justo, João Manuel Rosado de Miranda, 1958-
Palavras-chave: Vinculação
Gravidez na adolescência
Paternidade
Teses de mestrado - 2009
Data de Defesa: 2009
Resumo: O presente estudo tem por objectivo averiguar a possível influência da relação que as grávidas adolescentes têm com as figuras parentais masculinas na representação da vinculação pré-natal que estas estabelecem, durante a gravidez, com os seus bebés. Vinte e seis utentes da Consulta de Grávidas Adolescentes da Maternidade Dr. Alfredo da Costa, com idades compreendidas entre os 14 e os 18 anos, participaram neste estudo. A recolha dos dados efectuou-se através do preenchimento do Questionário de Vinculação ao Pai e à Mãe (Versão IV, Matos & Costa, 2001), da versão portuguesa da Escala Materna de Vinculação Pré-Natal (Condon, 1993) e de um Questionário Socio-demográfico. Os dados recolhidos foram analisados pelo software estatístico SPSS v. 17.0, para Windows. Os resultados mostram que existe uma tendência para as grávidas adolescentes que habitam com o pai obterem níveis mais elevados de representação da vinculação pré-natal, em comparação com as grávidas que não habitam com o pai. Considerando apenas estas últimas, verifica-se que aquelas que mantêm uma boa relação com o pai apresentam níveis mais elevados de representação da vinculação pré-natal, quando comparadas com as que têm uma relação de baixa qualidade. Foi encontrada uma correlação significativa, mas negativa, entre o valor total da Escala Materna de Vinculação Pré-natal (EMVPN) e o domínio Inibição da Exploração e Individualidade, do Questionário de Vinculação ao Pai e à Mãe. As conclusões do estudo apontam para a importância de considerar a representação da vinculação pré-natal e as relações interpessoais das grávidas devido à sua influência no desenvolvimento de uma gravidez saudável e na qualidade da relação entre a mãe e o bebé, após o nascimento.
The aim of this study is to explore the influence of the relationship between pregnant adolescents and their father's on the representation of maternal-fetal attachment with their baby's, during pregnancy. A sample of twenty six outpatients of the Dr. Alfredo da Costa Maternity (Lisbon, Portugal), with age's between 14 and 18 years, and with 12 to 40 weeks of pregnancy, were analyzed. The compilation of this data was obtained by answering the Questionário de Vinculação ao Pai e à Mãe (IV Version, Matos & Costa, 2001), the portuguese version of Escala Materna de Vinculação Pré-Natal (Condon, 1993) and answering the Questionário Socio-demográfico. For the data analyses, SPSS, v. 17.0 for Windows was used. The results demonstrate that pregnant adolescents that live with their father's have higher levels of representation of maternal-fetal attachment, in comparison with the pregnant adolescents who don't live with their father's. Taking into consideration only the pregnant adolescents who don't live with their father's, those that have a good relationship with him obtain higher levels of representation of maternal-fetal attachment, when compared with those who do not have such a good relationship. It was also found a significant negative correlation between the global scale value of Escala Materna de Vinculação Pré-natal (EMVPN) and the Inibição da Exploração e Individualidade domain of Questionário de Vinculação ao Pai e à Mãe. The conclusions obtained in this study indicate that the representation of maternal-fetal attachment and the pregnant adolescent's relationships with others must be considered due to the influence they have on a healthy pregnancy development and the relationship established between the mother and her baby, after birth.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicologia Clínica Dinâmica), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, 2009
URI: http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000580674
http://hdl.handle.net/10451/2144
Aparece nas colecções:FPCE - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
22270_ulfp034849_tm.pdf378,58 kBAdobe PDFVer/Abrir
22270.xml9,35 kBXMLVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.