Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/2154
Título: Stress parental em mães de crianças com enurese e com encoprese
Autor: Baltazar, Raquel Sofia de Carvalho Marques
Orientador: Santos, Salomé Vieira, 1959-
Palavras-chave: Stress parental
Encoprese
Enurese
Teses de mestrado - 2009
Data de Defesa: 2009
Resumo: O presente estudo tem três objectivos principais: (1) caracterizar o Stress Parental em mães de crianças com Enurese face a mães de crianças sem problemas; (2) analisar se existem diferenças no Stress Parental experimentado por mães de crianças com Enurese e por mães de crianças com Encoprese; (3) explorar a relação entre o Stress Parental e variáveis quer sócio-demográficas, quer relativas ao problema da criança (Enurese/Encoprese). Participaram no estudo 20 mães de crianças com Enurese (6 - 12 anos; 6 são do sexo masculino), 20 mães de crianças sem problemas - Grupo de Controlo face ao Grupo Enurese (6 - 12 anos; 6 são do sexo masculino), e 11 mães de crianças com Encoprese/Problema Misto (Enurese e Encoprese) (5 - 11 anos; todas do sexo masculino). Utilizou-se a adaptação Portuguesa do Parenting Stress Index (Abidin & Santos, 2003) para avaliar o Stress Parental, tendo sido ainda construída uma Ficha para recolha de informação específica (sócio-demográfica, e referente ao desenvolvimento e ao problema da criança). Os resultados mostram que as mães de crianças com Enurese, comparativamente com o Grupo de Controlo, experimentam níveis mais elevados de stress associado com as características da criança. Da análise comparativa dos grupos de mães de crianças com Enurese e com Encoprese sobressai que as últimas experimentam níveis mais elevados de stress decorrente de características da criança e dos pais. O Stress Parental não se associa com variáveis sócio-demográficas ou relativas ao problema. Contudo, as reacções das mães na altura do aparecimento do problema relacionam-se significativamente quer com as suas reacções no momento actual (Grupo Enurese), quer com as reacções das crianças ao problema (Grupo Encoprese). Os resultados obtidos sugerem a importância de se atender, na população visada, ao Stress Parental experimentado pelas mães dadas as suas potenciais consequências para o funcionamento e desenvolvimento da criança.
The three main aims of the this study are as follows: (1) to characterize Parenting Stress in mothers of children with Enuresis in comparison with mothers of children without problems; (2) to analyze whether there are differences between the Parenting Stress experienced by mothers of children with Enuresis and mothers of children with Encopresis; (3) to explore the relationship between Parenting Stress and socio-demographic and child condition (Enuresis/Encopresis) - related variables. 20 mothers of children with Enuresis (aged 6-12; 6 male), 20 mothers of children without problems Control Group compared to Enuresis Group - (aged 6-12; 6 male), and 11 mothers of children with Encopresis/Mixed Condition (Enuresis and Encopresis) (aged 5-11; all male) participated in the study. The Portuguese adaptation of the Parenting Stress Index (Abidin & Santos, 2003) was used to assess Parenting Stress and a file was also drawn up in order to obtain socio-demographic data and also information related to the child's development and condition. The results show that mothers of children with Enuresis, compared to the Control Group, experience higher levels of stress related to the child's characteristics. The comparative analyses of mothers of children with Enuresis and Encopresis indicate that the latter experience higher levels of stress resulting from characteristics of both children's and parents. Parenting Stress is not associated with socio-demographic or condition-related variables. However, mothers' reactions to the condition when it initially emerged are significantly related to their reactions at the present moment (Enuresis Group) and also to their children's reactions whenever condition occurs (Encopresis Group). The results obtained suggest the importance of taking the Parenting Stress experienced by mothers on this target population into account, given its potential implications for the child's functioning and development.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicologia Clínica Dinâmica), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, 2009
URI: http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000580712
http://hdl.handle.net/10451/2154
Aparece nas colecções:FPCE - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
22287_ulfp034865_tm.pdf552,25 kBAdobe PDFVer/Abrir
22287.xml9,59 kBXMLVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.