Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação (FPCE) >
FPCE - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/2158

Title: Para uma compreensão psicodinâmica das preferências musicais dos jovens : estudo exploratório
Authors: Albuquerque, Filipe José Rodrigues Pinto de
Advisor: Matos, Manuel, 1943-
Keywords: Relação pais-filho adolescente
Suicídio adolescente
Música
Teses de mestrado - 2009
Issue Date: 2009
Abstract: O presente estudo teve como objectivos principais verificar se existem diferenças ao nível da ligação/relação com as figuras parentais e da pontuação numa escala de risco suicidário entre adolescentes que preferem géneros musicais mais agressivos e aqueles que excluem essas preferências. Participaram no estudo 41 adolescentes do sexo masculino, com idades compreendidas entre os 15 e os 18 anos, residentes em Lisboa e arredores, seleccionados aleatoriamente. Utilizaram-se os instrumentos Inventory of Peer and Parent Attachment (Armsden e Greenberg, 1987), Parental Bonding Instrument (Parker, Tupling e Brown, 1979), a Escala de Risco Suicidário de J. Stork (1977) e um questionário elaborado para a presente investigação. Esperávamos que os resultassem apontassem no sentido de uma menor segurança emocional nas relações com os pais, bem como um menor cuidado e maior pontuação na escala de risco suicidário entre os adolescentes com preferência por géneros musicais mais agressivos. Os resultados obtidos apoiam a hipótese relativa ao menor cuidado (somente para a figura materna) entre os adolescentes que ouvem preferencialmente géneros musicais mais agressivos. Para as restantes hipóteses, não foram encontradas diferenças significativas. Apresentam-se limitações e sugestões para investigações futuras.
The main purposes of this study were to investigate if significant differences regarding the emotional security in the relationship with parental figures and the scoring in a suicide risk scale were to be found between adolescents who prefer more aggressive music genres than those who exclude such preferences. The participants were 41 adolescents ranging between 15 and 18 years old, who live in Lisbon and surroundings, randomly selected. The following measure instruments were used: Inventory of Peer and Parent Attachment (Armsden & Greenberg, 1987), Parental Bonding Instrument (Parker, Tupling & Brown, 1979), Suicide Risk Scale (Stork, 1977) and a questionnaire developed for the present study. We expected that the results showed a significant lower emotional security perceived in the relationships with parental figures among adolescents who prefer more aggressive music genres, as well as a lower care by parental figures and higher score in the suicide risk scale in that same group. The results support our predictions regarding lower score for the care condition (only for the mother figure) among adolescents who prefer aggressive music genres. Regarding our other hypothesis, the results showed no significant differences. Limitations for this study are presented, as well as suggestions for future investigations.
Description: Tese de mestrado, Psicologia (Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicologia Clínica Dinâmica), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, 2009
URI: http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000580851
http://hdl.handle.net/10451/2158
Appears in Collections:FPCE - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
22313_ulfp034918_tm.pdf714.69 kBAdobe PDFView/Open
Restrict Access. You can request a copy!
22313.xml9.07 kBXMLView/Open
Restrict Access. You can request a copy!
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE