Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação (FPCE) >
FPCE - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/2168

Título: "Da obra à matéria prima" : estudo naturalístico de factores que influenciam a tomada de decisão clínica
Autor: Sousa, Ana Patrícia Vieira de
Orientador: Sá, Maria Isabel Real Fernandes de, 1959-
Palavras-chave: Psicologia clínica
Tomada de decisão
Complementaridade paradigmática
Teses de mestrado - 2009
Issue Date: 2009
Resumo: Em resposta a um recente apelo à investigação em tomada de decisão em psicoterapia integrativa, esta investigação pretende explorar a forma como os psicólogos clínicos tomam decisões clínicas. Construiu-se um questionário que tem por objectivo medir se as bases usadas pelos psicólogos clínicos para tomar decisões corroboram as existentes na literatura, numa perspectiva de emparelhamento único, momento-a-momento ou fase-a-fase. Abordando influências relativas a características do paciente, do terapeuta e da própria relação terapêutica, pretende-se perceber quais as mais relevantes para as decisões em estudo, sendo a unidade de análise uma única decisão significativa tomada numa sessão. Foram recolhidos dados de psicólogos clínicos diferenciados em termos de sexo, idade, orientação teórica e anos de experiência clínica. Finalmente pretende-se verificar se existe evidência que apoia a tomada de decisão fase-a-fase, isto é, aquela que tem por base a fase do processo, tal como postulado pelo meta-modelo de ComplementaridadeParadigmática. Os resultados enfatizam diferenças entre terapeutas eclécticos/integrativos e nãoeclécticos/ não-integrativos para alguns grupos de variáveis, tendo sido encontradas também diferenças consoante os anos de experiência clínica e o grupo etário dos terapeutas. As decisões clínicas foram categorizadas, tecendo-se comentários às influências sofridas pelas várias categorias sugeridas. Discutem-se limitações do estudo e implicações dos resultados para o treino e prática psicoterapêutica. São feitas várias considerações metodológicas e sugerem-se linhas de investigação futuras.
Attempting to respond a recent call to research on the subject of clinical decision making in integrative psychotherapy, this study pretends to explore the way clinical psychologists make clinical decisions. A questionnaire was constructed to assess if the bases used by clinical psychologists in their clinical decision making process reflect the ones found in literature. This was made in a perspective of therapeutic matchings to unique, moment-to-moment or phase-to-phase patient characteristics. Using patient, therapist and therapeutic relationship characteristics, this investigation aims at noticing which of them, if any, are more relevant in clinical decisions, and in which circumstances. One of the most significant decisions made during one psychotherapeutic session was used as unit of analysis. The data was collected among clinical psychologists or psychotherapists and the sample was diverse in terms of sex, age, theoretical orientation and years of clinical experience. Finally this study aims to assess whether there is evidence supporting the phase-to-phase decision making, i.e., the one based on the therapeutic process phase, as postulated by Paradigmatic Complementarity Model. The results stressed differences between eclectic/integrative therapists and noneclectic/ non-integrative therapists to some variable groups. Differences were also found among some therapists groups with different clinical experience and age. The clinical decisions written by therapists on the instrument were categorized and analised in terms of what influenced each of those categories. Study results and limitations were discussed, as some implications to psychotherapeutic training and practice were suggested. Methodological considerations were made and future research aims suggested.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicoterapia Cognitivo-Comportamental e Integrativa), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, 2009
URI: http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000580943
http://hdl.handle.net/10451/2168
Appears in Collections:FPCE - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
22352_ulfp034914_tm.pdf3,11 MBAdobe PDFView/Open
22352.xml9,21 kBXMLView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia