Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação (FPCE) >
FPCE - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/2173

Título: Os processos de coping e de savoring e a agressividade na adaptação académica e social dos adolescentes à escola
Autor: Cepeda, Filipa Isabel Guerra
Orientador: Pinto, Alexandra Marques, 1963-
Palavras-chave: Coping
Savoring
Adaptação escolar
Teses de mestrado - 2009
Issue Date: 2009
Resumo: Este trabalho procurou dar um contributo para a construção de conhecimentos sobre os processos de adaptação na adolescência, em contexto escolar, mais concretamente sobre os processos de distress e coping e de eustress e savoring e o seu papel na explicação da agressividade dos estudantes. Pretendeu-se, igualmente, identificar os acontecimentos escolares que estão associados a experiências emocionais negativas (distress) e positivas (eustress) e as estratégias de coping e de savoring que os adolescentes utilizam para gerir essas experiências. Por fim, procurámos, explorar o valor preditivo das variáveis de coping, savoring e agressividade na adaptação académica e social dos adolescentes, à escola. No estudo realizado foi aplicado um questionário de auto-relato, para avaliar as estratégias de coping (CASQ, Seiffge-Krenke, 1995), as estratégias de savoring (WOSC, de Bryant & Veroff, 2007), a agressividade (YSR, de Achenbach, 1991), e o Apoio social (Correia, 2006), a uma amostra de 169 adolescentes portugueses, provenientes do 7º, 9º e 11º anos de escolaridade. Foi igualmente utilizado um questionário de hetero-relato para avaliação da agressividade entre pares (QCA, de Raimundo, 2005), aplicado a sete professores Directores de Turma. Entre os resultados obtidos é de destacar o facto de os acontecimentos escolares relacionados com o Trabalho Académico e Resultados Escolares e com a Relação com os Colegas serem privilegiados pelos adolescentes, sendo responsáveis por experiências emocionalmente positivas e negativas. As estratégias de Coping Activo e de Procura de Apoio são preditores significativos da Média Escolar (ß=-. 17, p<.05; ß =.28, p<.01) e as estratégias de Savoring são preditores significativos do Suporte Social percebido (F=3.39, p<.05). Os alunos de níveis de escolaridade mais avançados auto-percepcionam-se como menos agressivos e os mais novos são percepcionados, pelos professores, como os adolescentes mais agressivos As estratégias de coping de Procura de Apoio e de Regulação Emocional e Comportamental revelam-se preditores significativos da Agressividade nos adolescentes (ß= -.21, p<.05; ß= -.18, p<.05), bem como o savoring de Expressão Comportamental (ß=.26, p<.01).
The aim of this work was to explore processes of school adaptation in adolescence, specifically processes of coping and distress and of eustress and savoring and their role in the explanation of students' aggressiveness. Therefore, the purpose was also to identify scholar events associated with negative and positive emotional experiences (distress and eustress), and the coping and savoring strategies adolescents use to manage these events and emotions. Finally, the predictive value of coping, savoring and aggressiveness in the explanation of academic and social adjustment of adolescents to school was also explored. Two types of questionnaires were used: a self-report questionnaire, to evaluate coping strategies (CASQ, Seiffge-Krenke, 1995), savoring strategies (WOSC, Bryant & Veroff, 2007), aggressiveness (YSR, Achenbach, 1991), and social support (Correia, 2006), was answered by 169 Portuguese adolescents of 7th, 9th and 11th grades; and a hetero-report questionnaire on peer aggressiveness (QCA, Raimundo, 2005), was applied to seven Teachers. The results show that school events related with academic work and results and with the relationship with colleagues are privileged by teenagers, being responsible for negative and positive emotional experiences. Active and support seeking coping strategies are significant predictors of academic results (ß =-. 17, p <.05, ß =. 28, p <0.01) and savoring strategies are a significant predictor of perceived social support (F = 3.39, p <0.05). Students of higher levels of education perceive themselves as a less aggressive, and younger students are perceived by teachers as more aggressive. Social support and emotional and behavioural regulation coping strategies as well as behavioural expression savoring strategies proved to be significant predictors of students' aggressiveness (ß = -. 21, p <.05, ß = -. 18, p <.05, ß =. 26, p <.01).
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Psicologia da Educação e da Orientação), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, 2009
URI: http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000581119
http://hdl.handle.net/10451/2173
Appears in Collections:FPCE - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
22361_ulfp034935_tm.pdf622,54 kBAdobe PDFView/Open
22361.xml9,84 kBXMLView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia