Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação (FPCE) >
FPCE - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/2180

Título: Qualidade de vida no trabalho, empenhamento organizacional afectivo e intenção de turnover : que relações se estabelecem? : estudo exploratório
Autor: Moreira, Hélia Cristina da Silva
Orientador: Lima, Maria do Rosário M., 1959-
Palavras-chave: Qualidade de vida - Portugal
Empenhamento organizacional
Turnover
Teses de mestrado - 2009
Issue Date: 2009
Resumo: A presente investigação incide-se sobre o estudo das relações entre Qualidade de Vida no Trabalho (QVT), Empenhamento Organizacional Afectivo e Intenção de Turnover. Para isso foi aplicado o Inventário sobre a QVT e medidas de Empenhamento Organizacional Afectivo e de Intenção de Turnover a uma amostra de 310 colaboradores, tendo sido realizadas análises de correlação e de regressão linear múltipla. Os resultados obtidos corroboram as hipóteses de investigação formuladas ao nível das correlações, onde se confirma o seguinte: uma relação positiva e significativa entre a QVT e Empenhamento Organizacional Afectivo; duas relações negativas e significativas, uma entre a Intenção de Turnover e QVT e outra entre a Intenção de Turnover e o Empenhamento Organizacional Afectivo. Quanto ao método de análise de regressão linear múltipla uma das três hipóteses é corroborada, sendo a variável Empenhamento Organizacional Afectivo a que mais se destaca em todos os modelos, assumindo relevância do ponto de vista psicológico. No final, são ainda discutidos os contributos e limitações do estudo para as práticas de Gestão dos Recursos Humanos.
This research focuses on the study of the relationships between the Quality of Work Life (QWL), Affective Organizational Commitment and Turnover Intention. For that purpose, measures concerning QWL, Affective Organizational Commitment and Turnover Intention were applied to a sample of 310 employees. Correlation and multiple linear regression analysis were also obtained. The results support that the hypothesized correlations between QWL and Affective Organizational Commitment are positive and significant. On the other hand, the link between QWL and Turnover Intention and between Affective Organizational Commitment and Turnover Intention are significant and negative. The regression analysis data revealed that only one of the three hypotheses could be confirmed. Affective Organizational Commitment is the variable that makes the difference between all the presented models. In the final section the main strengths and weaknesses of this study for the Human Resources Management are discussed.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Psicologia dos Recursos Humanos, do Trabalho e das Organizações), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, 2009
URI: http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000581328
http://hdl.handle.net/10451/2180
Appears in Collections:FPCE - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
22393_ulfp034947_tm.pdf794,96 kBAdobe PDFView/Open
22393.xml8,01 kBXMLView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE