Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/2185
Título: Ecos da idade, sexo e nível sócio-económico em dimensões da conjugalidade : satisfação, vinculação-afectividade e proximidade
Autor: Fortunato, Rafaela Cardoso
Orientador: Narciso, Isabel, 1962-
Palavras-chave: Satisfação conjugal
Vinculação
Afectividade
Teses de mestrado - 2009
Data de Defesa: 2009
Resumo: A presente investigação incide sobre o tema da conjugalidade, ponto nodal da Psicologia da Família, e pretende analisar as relações entre as dimensões da conjugalidade Satisfação Conjugal, Vinculação/Afectividade e Proximidade e explorar diferenças em função das variáveis demográficas sexo, idade e nível socioeconómico nas dimensões acima referidas. Para este efeito, realizou-se um estudo empírico de cariz quantitativo com recurso a três escalas de auto-relato, sendo eles a EASAVIC (Narciso e Costa, 1996), a A & QRI-S (Moreira, 2002) e a IOS (Aron, Aron & Smollan, 1992) e a um questionário sobre dados sócio-demográficos. Partindo de uma amostra total de 633 indivíduos, entre os 20 e 59 anos, casados ou em união de facto, com e sem filhos, e através de uma análise de correlações de Pearson, verificou-se que as três dimensões em estudo - Satisfação Conjugal, Vinculação/Afectividade e Proximidade - se encontram correlacionadas significativamente entre si. Através de uma comparação de médias, foram analisadas as diferenças, em cada uma das dimensões, em função de três variáveis demográficas. Relativamente ao sexo, não foram encontradas diferenças significativas nas três dimensões, ao contrário do que aconteceu relativamente à idade e ao nível sócio-económico, onde se verificaram várias diferenças significativas nas três dimensões.
The present investigation sheds new light on the subject of marital life, central matter of Family Psychology, and intends to analyze the relations between marital life's dimensions Marital Satisfaction, Attachment/Affectivity and Closeness it also looks to explore the differences in function of the demographic variables sex, age and socioeconomic status in the above-mentioned dimensions. To accomplish this, we elaborated an empirical study based on a quantitative methodology resorting to three scales of self-report, the EASAVIC (Narciso e Costa, 1996), A & QRI-S (Moreira, 2002) and the IOS (Aron, Aron & Smollan, 1992), and to a questionnaire on socio-demographic data. Through a total sample of 633 individuals, between 20 and 59 years, married or in civil union, with and without children, and through a Pearson correlations analysis, it was confirmed that the three dimensions being studied - Conjugal Satisfaction, Attachment/Affectivity and Proximity are significantly correlated. The differences in each dimension were studied through a comparison of mean values in function of three demographic variables. Concerning to the sex, there were no significant differences in any of the three dimensions, as opposed to what happened relatively to the age and to the socio-economic status, where several significant differences were found in all three dimensions.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicologia Clínica Sistémica), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, 2009
URI: http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000581279
http://hdl.handle.net/10451/2185
Aparece nas colecções:FPCE - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
22404_ulfp034943_tm.pdf2,05 MBAdobe PDFVer/Abrir
22404.xml8,51 kBXMLVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.