Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação (FPCE) >
FPCE - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/2187

Title: O sorriso do cliente em terapia : um estudo exploratório sobre a resposta não verbal do cliente à pergunta-milagre usada na terapia breve orientada para as soluções
Authors: Vasconcelos, Catarina Geraldes de Melo
Advisor: Marujo, Helena Águeda, 1958-
Keywords: Terapias breves
Comunicação não verbal
Sorriso
Teses de mestrado - 2009
Issue Date: 2009
Abstract: Em Psicoterapia, a análise do comportamento comunicacional do cliente e do terapeuta é particularmente valiosa para a monitorização e compreensão das flutuações nos estados psicológicos do cliente, características do processo de mudança. A comunicação não verbal do cliente, nesse contexto interpessoal, contribui de todas as formas para dar significado aquilo que ele experiencia no momento. Este estudo micro-analisou momentos de vídeos de sessões terapêuticas da Terapia Breve Orientada para as Soluções, em que se formula a pergunta milagre. Dada a observação prévia de casos clínicos em que o fenómeno do sorriso acompanhou o momento de formulação desta pergunta, surgiu a necessidade de explorar, através de análises descritivas dos discursos verbais do terapeuta e do cliente e dos sorrisos identificados, se este comportamento não verbal aparecia a acompanhar a pergunta milagre. Pretendeu-se explorar que significados esses sorrisos poderiam ter, sugerindo-se hipóteses acerca do impacto desta pergunta-tipo nos clientes. Usou-se a classificação de tipos de sorrisos de Freitas-Magalhães, a qual diferencia entre sorriso fechado, sorriso superior e sorriso largo. Da análise dos discursos, destacaram-se formas diferentes de fazer a pergunta, tendo-se através de uma análise de conteúdo, criado categorias distintas de acordo com as diferentes formulações. Fez-se a análise de um primeiro momento, referente à reacção espontânea e imediata do cliente à pergunta, e de um segundo momento, em que se analisou o sorriso exibido durante a elaboração da resposta concreta. Os resultados mostram que o sorriso aparece, na quase totalidade dos casos, como resposta não verbal à pergunta milagre. Parecem existir diferentes reacções imediatas de acordo com o tipo de formulação da pergunta, sendo que a maioria dos sorrisos manifestados acompanha o processo, ou uma introdução ao processo de imaginação de eventos positivos. Especulou-se acerca do significado dos sorrisos: uns podem sugerir satisfação e prazer imediato associado à imaginação de eventos positivos, outros podem indicar espanto, dado a natureza inesperada do evento milagre , outros ainda podem sugerir ironia ou diversão como reacção imediata ao convite à imaginação da ocorrência de algo difícil de conceber. Conclui-se quanto à necessidade de se aprofundar a análise do comportamento do sorriso em contexto terapêutico, recorrendo ao uso de metodologias rigorosas de análise da expressão facial, assim como à utilidade de se continuar a analisar detalhadamente a comunicação terapêutica no contexto dos processos clínicos.
In Psychotherapy the analysis of client and therapist communicative behavior is particularly valuable for monitoring and understanding the subtle fluctuations in the client‟s psychological states, which are characteristic of the change process. In this interpersonal context, the non-verbal communication of the client contributes in every way to give meaning to what the client is experiencing at the time being. The present study microanalysed video excerpts of Solution-Focused Brief Therapy therapeutic sessions, corresponding to the moment when the miracle question was used. Due to previous observations of clinical cases where the clients exhibited smiles when the miracle question was formulated, lead to the exploration, using a thematic analysis of the verbal speech and the smiles identified, of the possible relation between this formulation and the non-verbal behavior of smiling. Therefore, the aim of the study was to explore the possible meanings of the smiles exhibited, by speculating about the impact of the miracle question on the clients. A specific classification of types of smiles, made by Freitas-Magalhães, was used. These types were: the closed smile, the superior smile and large smile. From a thematic analysis different ways of asking the question stood out, which lead to the creation, through a content analysis, of separate and distinct categories, depending on the different type of formulation used. First, an analysis of the spontaneous and immediate reaction of the client to the miracle question was made, then, a second analysis was made of his non-verbal behavior during the time he worked out the actual response. The results show that the smile appears in almost all cases, as a non-verbal response to the miracle question. It also appears that there are different immediate reactions depending on the type of formulation of the question, and most of the smiles expressed followed the process of imagination, or the introduction to the process of imagination of positive events. It has been speculated about the meaning of smiles: some may suggest immediate satisfaction and pleasure associated with the imagination of positive events, others may indicate surprise, given the unexpected nature of the miracle event, still others suggest irony or fun as an immediate reaction to the call imagination of the occurrence of something difficult to conceive. This study demonstrates that there is a need for further analysis of the behavior of smiling in the therapeutic context, using rigorous methodology for the analysis of facial expression, as well as the usefulness of continuing to review in detail the therapeutic communication in the context of clinical processes.
Description: Tese de mestrado, Psicologia (Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicoterapia Cognitiva-Comportamental e Integrativa), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, 2009
URI: http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000581292
http://hdl.handle.net/10451/2187
Appears in Collections:FPCE - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
22406_ulfp034946_tm.pdf938.55 kBAdobe PDFView/Open
22406.xml11.1 kBXMLView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE