Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação (FPCE) >
FPCE - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/2193

Título: A vivência dos pais com o método caguru : estudo exploratório
Autor: Santos, Dina Silva
Orientador: Barros, Maria Luísa, 1957-
Palavras-chave: Método canguru
Vinculação
Parentalidade
Teses de mestrado - 2009
Issue Date: 2009
Resumo: O presente estudo, de carácter exploratório, tem como objectivo principal compreender a vivência subjectiva dos pais durante a prática do Método Canguru com os seus bebés numa unidade de cuidados intensivos. Pretendeu-se explorar as significações parentais sobre o Método Canguru e desenvolver uma metodologia de observação que permitisse avaliar a interacção entre os pais e seus bebés adaptada à prática do mesmo. Os participantes foram trezes mães e um pai de bebés que se encontravam internados na unidade de Neonatologia do Hospital de São Francisco Xavier. Os dados foram recolhidos através de duas metodologias qualitativas. Primeiramente foram observados os comportamentos maternos ou paternos e do bebé durante a sessão de contacto pele a pele e posteriormente realizadas entrevistas semi-estruturadas aos pais que visavam analisar a sua experiência com o Método Canguru focando as percepções quanto ao método e acção da equipa de enfermagem na facilitação da prática e as expectativas dos pais face à continuidade ou descontinuidade da prática do Método Canguru. A análise qualitativa dos dados da observação e das entrevistas permitiu, sob uma triangulação dos mesmos, concluir que a prática do Método Canguru contribui positivamente para um maior envolvimento emocional dos pais com o seu bebé, para um reforço do seu papel parental activo e para um fortalecimento da vinculação entre pais e bebé. Foi constatado também que os pais atribuem uma elevada importância à existência de um ambiente de suporte que encoraje a prática do contacto pele a pele com os seus bebés. Tratando-se de um estudo exploratório, os resultados obtidos constituem linhas de orientação para futuras investigações, para além de contribuírem para um enriquecimento do corpo de literatura existente no âmbito da vivência parental com o Método Canguru.
The main purpose of this exploratory investigation was to understand the subjective experience of parents during the practice of Kangaroo Care with their babies in the intensive care unit. We set out to explore the parental meanings upon the Kangaroo Care, as well as to develop an observation methodology able to evaluate the interaction between parents and their infants, within the practice of this method. The sample consisted of thirteen mothers and a father of babies who were admitted to the neonatal unit of the Hospital of S. Francisco Xavier. The data were collected using two qualitative methodologies. The first methodology consisted on the observation of maternal/paternal and child behaviour, during the skin-to-skin contact session. Subsequently, semi-structured interviews were held with parents aiming at examining their experience with the Kangaroo focusing on their perceptions of the method and team nursing action in facilitating this practice. The expectations of parents, with regard to continuity or discontinuity of the practice of Kangaroo Care, were also evaluated. The conclusions, based on the qualitative analysis of data from observation and interviews, were: that the practice of Kangaroo Care positively contributes to a greater emotional involvement of parents with their infant, to the active parenting and to the intensification of the parent-infant attachment. Parents also attribute major importance in the existence of a supportive environment that encourages the practice of skin to skin contact with their babies. Being an exploratory study, the results provide guidelines for future investigations, in addition to enriching the body of literature in the context of parental experience with Kangaroo Care.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicologia da Saúde e da Doença), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, 2009
URI: http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000581457
http://hdl.handle.net/10451/2193
Appears in Collections:FPCE - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
22413_ulfp034952_tm.pdf1,67 MBAdobe PDFView/Open
22413.xml9,26 kBXMLView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia