Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação (FPCE) >
FPCE - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/2194

Título: Há partes do mundo... : influência dos factores sócio-culturais no abuso sexual de menores
Autor: Alpuim, Margarida Botelho Noronha Agorreta
Orientador: Narciso, Isabel, 1962-
Palavras-chave: Abuso sexual - crianças
Factores socio-culturais
Polícia judiciária
Teses de mestrado - 2009
Issue Date: 2009
Resumo: Numa sociedade cada vez mais diversificada, os factores sócio-culturais assumem uma importância crescente na avaliação dos fenómenos sociais. Neste sentido, adoptando uma perspectiva ecossistémica, propusemo-nos estudar, por um lado, a influência destes factores nas situações de abuso sexual de menores e, por outro, a percepção dos polícias de investigação criminal da Polícia Judiciária sobre esta mesma influência. Foram avaliados os dados relativos a 98 situações de abuso e entrevistados 14 polícias de investigação criminal. A avaliação dos dados foi realizada com recurso ao software SPSS 16.0 for Windows e a uma análise de conteúdo das entrevistas. As principais conclusões são: a) embora exista uma tendência para a uniformidade nos vários subgrupos sócio-culturais, em relação às variáveis do abuso, o grupo étnico negro e o sócio-económico alto apresentam as mais elevadas discrepâncias; e b) na maioria dos aspectos estudados, a percepção da polícia de investigação criminal é consonante com os dados obtidos.
In the diversified society of nowadays, the sociocultural factors are essential in the evaluation of social phenomena. Thus, in an ecosystemic perspective, we intended to study, on one hand, the influence of these factors in child sexual abuse and, on the other, the perception of forensic inspectors of Polícia Judiciária on this same influence. We analysed the data of 98 child sexual abuse ocurrences and interviewed 14 forensic inspectors. The evaluation of this data resorted the SPSS 16.0 for Windows software and a content analysis for the interviews. The main conclusions are: a) although there is a tendency for uniformity in the various sociocultural subgroups, regarding the abuse variables, the black perpetrators and the upper socioeconomical backgrounds showed the major discrepancies; and b) in the majority of the issues studied, the perception of the forensic inspectors is consilient with the data acknowledged.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicologia Clínica Sistémica), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, 2009
URI: http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000581444
http://hdl.handle.net/10451/2194
Appears in Collections:FPCE - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
22414_ulfp034953_tm.pdf1,47 MBAdobe PDFView/Open
22414.xml7,71 kBXMLView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE