Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação (FPCE) >
FPCE - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/2196

Título: Estudo exploratório de factores psicossociais associados à fibromialgia : contributos das narrativas de vida de mulheres portadoras
Autor: Tomás, Mónica Alexandra Teixeira
Orientador: Baptista, Telmo Ventura Mourinho, 1959-
Palavras-chave: Fibromialgia
Dor crónica
Factores psicológicos
Teses de mestrado - 2009
Issue Date: 2009
Resumo: A experiência de dor crónica persistente e generalizada, como principal manifestação da fibromialgia (FM), tem impacto negativo sobre as pessoas portadoras. Estas experiências dolorosas e a percepção da dor são o resultado de uma influência recíproca de múltiplos factores biológicos, psicológicos e sociais (modelo biopsicossocial de compreensão da dor). O objectivo deste trabalho é reconhecer factores psicológicos e psicossociais associados à FM. Este estudo qualitativo pretende identificar e descrever os temas em comum, de origem psicossocial, através de análise de conteúdo das narrativas pessoais de mulheres com FM, e também compreender a hipótese de perturbação de características do funcionamento psico-emocional e relacional, com a persistência da dor e dos sintomas associados. Os temas mais referidos pelas mulheres representaram componentes cognitivas, emocionais, e comportamentais do funcionamento psicológico dessas mulheres. A amostra seleccionada é composta por treze mulheres pacientes do serviço de reumatologia do Hospital Egas Moniz diagnosticadas com FM e idades compreendidas entre 41 e 68 anos. Com base na técnica de análise de conteúdo temático procedeu-se à formulação de um sistema de categorias e sub-categorias emergentes. Como resultado do processo de análise de conteúdo, foram identificados sete temas partilhados pela maioria das pacientes, dos quais quatro tiveram um maior interesse pessoal, nomeadamente: fraco suporte social; circunstâncias de vida traumatizantes, crenças globais negativistas sobre o estilo de vida e o afastamento familiar e social. Conclui-se que as dificuldades de gestão da dor, dos conflitos interpessoais com a família e colegas e de controlo de emoções negativas apoiam-se na falta de recursos emocionais positivos nas pacientes.
The experience of persistent and widespread chronic pain VS persistent and chronic widespread pain, as the main manifestation of fibromyalgia (FM), has a negative impact on people with FM. These painful experiences and pain perception are the result of a reciprocal influence of multiple biological, psychological and social factors (biopsychosocial model of understanding of pain).The purpose espaço a mais of this study is to recognize the psychological and psychosocial factors associated with FM. This qualitative study aims to identify and describe the common themes, of psychosocial origin, through content analysis of personal narratives of women with FM. This study also aims to understand the possibility of disruption of the characteristics of psycho-emotional and relational processes due to persistence of pain and associated symptoms. The themes most mentioned by women represented cognitive, emotional, behavioral components of psychological functioning of these women.The selected sample is composed by espaço a mais thirteen patients of the women's rheumatology service at the Hospital Egas Moniz, diagnosed with espaço a mais FM and aged between 41 and 68 years. The formulation of a system of categories and sub-categories emerging was performed/proceeded based on the technique of thematic content analysis. As a result of the process of content analysis, seven themes shared by the majority of women with FM were identified, of which four had a greater self-interest, including: poor social support; traumatic life circumstances; negative global beliefs about lifestyle and Family and social distancing. It is possible to conclude that the difficulties of pain management, of interpersonal conflicts with family and colleagues, and difficult control of negative emotions are based on the idea of shortage/lack of positive emotional resources in the patients.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicoterapia Cognitiva-Comportamental e Integrativa), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, 2009
URI: http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000581429
http://hdl.handle.net/10451/2196
Appears in Collections:FPCE - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
22416_ulfp034948_tm.pdf357,77 kBAdobe PDFView/Open
22416.xml10,1 kBXMLView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE