Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Letras (FL) >
FL - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/2233

Título: Sociedade do conhecimento e o princípio da igualdade de oportunidades nas políticas europeias
Autor: Carapinha, Marisa Alexandra da Maia
Orientador: Alves, Teresa,1958-
Palavras-chave: Sociedade da informação
Novas tecnologias de informação e comunicação
Integração social
Desenvolvimento económico
Política pública
Globalização
Teses de mestrado - 2010
Issue Date: 2009
Resumo: Numa época caracterizada pela crescente digitalização da informação e pela ligação dos serviços em rede (sobretudo através da Internet), torna-se da máxima importância criar condições para que todos, sem excepção, possam nas mesmas circunstâncias e apesar das suas condições aceder à mesma informação. Esta nova forma de organização social (a sociedade da informação) é ainda muito recente tanto na União Europeia como em Portugal. No entanto, as suas potencialidades são já vistas como uma oportunidade a não perder e determinante para quem não se queira deixar ultrapassar. O financiamento e as políticas públicas com vista a estimular a utilização das tecnologias assumem uma primordial importância. A presente dissertação pretende avaliar quais as instituições cujos sites na Internet são ou não acessíveis; quais foram financiadas pelo POS-Conhecimento; a problemática das páginas não acessíveis e, a partir daí construir tipologias de instituições. O estudo pretende também apontar sugestões a seguir quando se constrói uma página web ou quando se publicam conteúdos, de forma a que estes possam ser utilizados por cidadãos com necessidades especiais. O estudo apresenta como grande conclusão que os sites com maior número de barreiras arquitectónicas, são, na grande maioria, pertencentes a instituições públicas, havendo também um número significativo de instituições que recebeu apoio do POSConhecimento, mas que, mesmo assim, continua a apresentar limitações. Outra grande conclusão é que a igualdade de oportunidades está ainda muito longe de ser real, pois há ainda um longo caminho a percorrer.
Descrição: Tese de mestrado, Políticas Europeias, Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, 2010
URI: http://hdl.handle.net/10451/2233
Appears in Collections:FL - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfl078322_tm.pdf664,35 kBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia