Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Letras (FL) >
FL - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/2233

Title: Sociedade do conhecimento e o princípio da igualdade de oportunidades nas políticas europeias
Authors: Carapinha, Marisa Alexandra da Maia
Advisor: Alves, Teresa,1958-
Keywords: Sociedade da informação
Novas tecnologias de informação e comunicação
Integração social
Desenvolvimento económico
Política pública
Globalização
Teses de mestrado - 2010
Issue Date: 2009
Abstract: Numa época caracterizada pela crescente digitalização da informação e pela ligação dos serviços em rede (sobretudo através da Internet), torna-se da máxima importância criar condições para que todos, sem excepção, possam nas mesmas circunstâncias e apesar das suas condições aceder à mesma informação. Esta nova forma de organização social (a sociedade da informação) é ainda muito recente tanto na União Europeia como em Portugal. No entanto, as suas potencialidades são já vistas como uma oportunidade a não perder e determinante para quem não se queira deixar ultrapassar. O financiamento e as políticas públicas com vista a estimular a utilização das tecnologias assumem uma primordial importância. A presente dissertação pretende avaliar quais as instituições cujos sites na Internet são ou não acessíveis; quais foram financiadas pelo POS-Conhecimento; a problemática das páginas não acessíveis e, a partir daí construir tipologias de instituições. O estudo pretende também apontar sugestões a seguir quando se constrói uma página web ou quando se publicam conteúdos, de forma a que estes possam ser utilizados por cidadãos com necessidades especiais. O estudo apresenta como grande conclusão que os sites com maior número de barreiras arquitectónicas, são, na grande maioria, pertencentes a instituições públicas, havendo também um número significativo de instituições que recebeu apoio do POSConhecimento, mas que, mesmo assim, continua a apresentar limitações. Outra grande conclusão é que a igualdade de oportunidades está ainda muito longe de ser real, pois há ainda um longo caminho a percorrer.
Description: Tese de mestrado, Políticas Europeias, Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, 2010
URI: http://hdl.handle.net/10451/2233
Appears in Collections:FL - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfl078322_tm.pdf664.35 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE