Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/22477
Título: Crenças, práticas e ambientes de literacia familiar : um estudo exploratório
Autor: Lopes, Alexandra Marinho Amorim, 1966-
Orientador: Carvalho, Carolina, 1960-
Palavras-chave: Literacia familiar
Crenças
Leitura - Estudo e ensino
Escrita - Estudo e ensino
Teses de mestrado - 2015
Data de Defesa: 2015
Resumo: A literacia familiar é atualmente considerada uma temática relevante pelo seu contributo no desenvolvimento da literacia emergente das crianças. Esta importância advém principalmente da constatação de que ao iniciarem a sua escolaridade as crianças já apresentam noções e capacidades de leitura e escrita que são apreendidas na família, sendo as vivências de literacia que ocorrem no ambiente familiar consideradas fundamentais para o desenvolvimento da literacia das crianças. É nesta perspetiva que surge este estudo, tendo como principal objetivo compreender e caraterizar as crenças, práticas e ambientes de literacia familiar de um grupo de progenitores com filhos com idades entre os cinco e os seis anos, analisando as diferenças na vivência da literacia familiar por parte de pais e mães. Esta investigação envolveu 12 participantes (6 pais e 6 mães) com filhos a frequentar o último ano do pré-escolar ou o primeiro ano do ensino básico, e pertencentes a diferentes estatutos socioculturais. Os dados foram recolhidos através de entrevistas realizadas aos progenitores, tendo sido também aplicado um questionário. Os resultados encontrados revelaram que no que diz respeito às crenças sobre a aprendizagem da leitura e da escrita estes progenitores atribuíram maior importância à relação com colegas e professores e à motivação para a aprendizagem, sendo a dimensão Afetiva/Motivacional a mais valorizada. Relativamente ao seu papel no processo de aprendizagem da leitura e escrita apresentaram maioritariamente ideias holísticas. Em relação às práticas de literacia os resultados destacaram que são as práticas de entretenimento as mais realizadas por estes progenitores, sendo possível estabelecer uma associação positiva entre estas e as crenças apresentadas. Os ambientes de literacia descritos pelos progenitores apresentaram caraterísticas semelhantes entre si, sendo que os diferentes itens presentes no ambiente físico de literacia (materiais de escrita, livros e computador) existiam em todos os ambientes, e estavam acessíveis às crianças na maior parte deles. Os resultados permitiram ainda verificar não existirem diferenças significativas na vivência da literacia familiar entre pais e mães. Em síntese, foi possível verificar que os progenitores que participaram neste estudo atribuíram maior importância, a uma abordagem holística da aprendizagem da leitura e escrita e a práticas que remetem para uma aprendizagem centrada numa perspetiva lúdica e afetiva não tendo sido encontrada uma diferença significativa entre géneros.
Family literacy is currently considered a relevant theme because of its contribution in the emergent literacy development in children. This relevance comes mostly from the realization that children already show reading and writing notions and skills when they start schooling, which are acquired in the family. The literacy experiences that occur in the family environment are considered fundamental to the literacy development of children. This study is done in this perspective, with the main objective to understand and characterize beliefs, practices and environments of family literacy of a group of parents with children 5/6 years old. It analyzes the differences in the experiencing of family literacy from fathers and mothers. This research included 12 individuals (6 fathers and 6 mothers) with children in the last year of pre-school or the first year of basic school, from different sociocultural backgrounds. Data was collected using a questionnaire and through interviews with the parents. The results showed that, about the beliefs on reading and writing learning, these parents attribute more importance to the relationship with classmates and teachers and to the motivation for learning, with the Affective/Motivational dimension as the most valued. In terms of their role in the reading and writing learning, they showed mainly holistic ideas. The results revealed that the entertainment practices are the literacy practices more frequently employed by these parents, and we can establish a positive association between these and the beliefs presented. The literacy environments described by parents show similar characteristics, the different items present in the literacy physical environment (writing materials, books and computer) were present in all environments and were available to children in most of them. The results also allowed to verify that there are no significant differences in the familiar literacy experiencing between fathers and mothers. In summary, it was possible to verify that the parents that participated in this research gave more importance to a holistic approach of reading and writing learning and to practices related to a learning centered in a ludic and affective perspective, with no significant gender difference.
Descrição: Tese de mestrado, Educação (Área de especialidade em Formação Pessoal e Social), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2015
URI: http://hdl.handle.net/10451/22477
Designação: Mestrado em Educação
Aparece nas colecções:IE - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie047506_tm.pdf1,21 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.