Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/2249
Título: Processos comunicacionais em estudantes de fisioterapia e fisioterapeutas : categorização e proposta de um treino individual de competências
Autor: Grilo, Ana Isabel Rodrigues Monteiro, 1972-
Orientador: Moniz, Luís Manuel Joyce, 1945-
Palavras-chave: Psicologia da saúde
Teses de doutoramento - 2010
Data de Defesa: 2010
Resumo: Este trabalho apresenta um estudo qualitativo que tem como principal finalidade contribuir para o conhecimento dos processos comunicacionais em estudantes de fisioterapia e fisioterapeutas. Um segundo objectivo, de carácter exploratório, prende-se com a avaliação de uma intervenção clínica e educacional visando a modificação da comunicação inadequada dos sujeitos. A amostra do grupo experimental é constituída por 30 estudantes do 2º ano de fisioterapia, 30 do 4º ano e ainda 30 fisioterapeutas. Para o grupo controlo, foram constituídos três grupos de igual dimensão. A apresentação de diferentes situações problemáticas, através do suporte vídeo digital, constituiu a metodologia escolhida para explorar os processos comunicacionais presentes em seis temáticas da comunicação assertiva: facilitação da expressão emocional em défice, moderação da expressão emocional em excesso, elaboração de pedido, resposta a pergunta/pedido, elaboração de crítica e resposta a crítica. Partindo de diferentes paradigmas da Psicologia, foi possível operacionalizar 24 categorias de classificação das respostas dos sujeitos. A utilização das diferentes categorias, pelos três grupos de sujeitos, foi relativamente semelhante, sendo de salientar o predomínio das categorias de carácter mais instrumental (e.g., injunção) em detrimento das categorias emocionais (e.g., reflexão de sentimentos). Esta taxonomia permite aprofundar o modo como estudantes e cuidadores comunicam com pacientes, em diferentes situações problemáticas passíveis de ocorrer no seu quotidiano profissional. Este estudo considera os aspectos específicos das competências comunicacionais em seis temáticas da assertividade. Desta forma, responde a uma lacuna da literatura e aporta conhecimentos que se pretendem estruturantes para a elaboração de futuros programas de treino a integrar nos curricula da educação pré e pós-graduada de fisioterapia. Por último, os resultados do segundo objectivo relativos ao programa individual de treino permitem afirmar que a metodologia de reflexão oferece bons indicadores no que diz respeito à promoção de competências comunicacionais nos estudantes e fisioterapeutas. Processos comunicacionais; estudantes de fisioterapia; fisioterapeutas; treino de competências comunicacionais.
This paper presents a qualitative study whose main purpose is to contribute to the understanding of the communication processes in physiotherapy students and physiotherapists. A second objective, of exploratory nature, relates to the evaluation of a clinical intervention and education aimed at modifying the inadequate communication of the subjects. The sample in the experimental group contains 30 students from 2nd year and 30 students from 4th year of Physiotherapy as well as 30 physiotherapists. The control group was formed using the same criteria. The presentation of various difficult situations in digital video media was the chosen methodology to explore the communication processes in these six themes of assertive communication, namely: handling emotional expression in deficit, handling excessive emotional expression, making requests, answering questions/requests, giving criticism and receiving criticism. Based on different paradigms of psychology, it was possible to define 24 categories for classifying subjects‘ responses. All three groups of subjects use these categories in a similar manner, emphasizing, like previous studies, the prevalence of more instrumental categories (e.g., imposition) at the expense of emotional categories (e.g., reflection of feelings). This taxonomy allows a more profound knowledge of the way students communicate with caregivers and patients in different problematic situations which might occur in their everyday work. This study considers the specific aspects of communication skills in six themes of assertiveness. Thus, it responds to a gap in the literature and provides expertise that can be used in the development of future training programs, to integrate in the curricula of pre-and post-graduate courses of physiotherapy. Finally, the results for the second objective allow to state that the individual program of training, based on methodology of reflexion, provides some important leads for the promotion of communication skills among students of physiotherapy and physiotherapists. Communication processes; physiotherapy students; physiotherapists, communication skills training.
Descrição: Tese de doutoramento, Psicologia (Psicologia da Saúde), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2010.
URI: http://hdl.handle.net/10451/2249
Aparece nas colecções:FP - Teses de Doutoramento



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.