Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Farmácia (FF) >
FF - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/225

Título: Formulação em pediatria: preparação e avaliação de uma forma magistral líquida oral de pirazinamida
Autor: Albuquerque, Marina Isabel Chumbinho de
Orientador: Almeida, António José Leitão das Neves, 1963-
Palavras-chave: Pediatria
Tuberculose
Medicamentos
Manipulados
Estabilidade
Teses de mestrado - 2007
Issue Date: 16-Jun-2010
Resumo: Devido à situação actual do mercado de especialidades farmacêuticas, em que a maioria dos fármacos foram aprovados para adultos e não têm indicação para pediatria, são poucos os medicamentos existentes em formas farmacêuticas e dosagens adequadas à população pediátrica. Por este motivo, é frequente ter de se proceder à formulação magistral, principalmente através da preparação de soluções ou suspensões líquidas orais, de modo a permitir a realização de adaptações posológicas e a administração da terapêutica instituída. Contudo, para garantir a eficácia, segurança e qualidade dos medicamentos manipulados é necessário realizar estudos que permitam conhecer a sua estabilidade.A pirazinamida é um antituberculoso de primeira linha, usado em pediatria, que apenas existe comercializado sob a forma de cápsulas de 500mg, o que evidencia a necessidade de se desenvolverem e estudarem fórmulas líquidas orais desta substância activa, apropriadas para uso pediátrico, cuja qualidade esteja garantida.No presente trabalho, pretendeu-se desenvolver uma fórmula magistral líquida oral de pirazinamida adequada para pediatria e estudar a sua estabilidade física, química e microbiológica.Tendo em atenção as características particulares da população pediátrica e a qualidade tecnológica, formularam-se suspensões contendo 50mgml-1 de pirazinamida, que diferiram entre si tanto no veículo (água bidestilada ou xarope comum) como na proveniência da substância activa (substância activa pura ou conteúdo das cápsulas Pramide®). Por se destinarem ao uso pediátrico, procurou-se manter a fórmula o mais simples possível.Fez-se a avaliação, a duas temperaturas (5±3ºC e 22±3ºC), da estabilidade física, química e microbiológica das suspensões armazenadas, durante dois meses, ao abrigo da luz, analisando os seguintes parâmetros: aspecto da preparação, pH, teor em substância activa, pesquisa de ácido pirazinóico e contro
Descrição: Tese de mestrado, Farmácia Hospitalar, Universidade de Lisboa, Faculdade de Farmácia, 2007
URI: http://hdl.handle.net/10451/225
Appears in Collections:FF - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
17696_Tese_Mestrado_Pirazinamida_2007.pdf1,71 MBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia