Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/22968
Título: A composição de um complexo de memória: o caso de Belém, Lisboa
Autor: Peralta, Elsa
Palavras-chave: Memória
Património cultural
Data: 2013
Editora: Edições 70
Citação: Peralta, E. (2013). A composição de um complexo de memória: o caso de Belém, Lisboa. In Domingos, N. & Peralta, E. (orgs) (2013). Cidade e império: dinâmicas coloniais e reconfigurações pós-coloniais (pp. 361-407). Lisboa: Edições 70
Resumo: A área geográfica que corresponde à zona de Belém, em Lisboa, é o caso mais paradigmático de inscrição e condensação no espaço público português de uma memória alusiva ao império colonial português. O Mosteiro dos Jerónimos, a Torre de Belém, a Praça do Império e seus Jardins - onde decorreu, em 1940, a Exposição do Mundo Português - o Padrão dos Descobrimentos, convertem esta zona num «complexo de memória» associado à experiência imperial portuguesa. Funcionando como uma síntese simbólica da identidade nacional, na qual a figura do império é um componente central, este «complexo mnemónico» constitui, nas palavras de Jorge Freitas Branco, «uma plateia pública de acesso permanente ao quadro das referências sacralizadas da nação» e). Mas por outro lado constitui, também, um observatório para a interrogação teórica das complexidades inerentes à composição e disseminação das memórias públicas.
URI: http://hdl.handle.net/10451/22968
ISBN: 978-972-44-1768-4
Aparece nas colecções:ICS - Capítulos de Livros

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ICS_EPeralta_Composicao_CLN.pdf16,49 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.